Mobile, Tecnologia

NVidia quer 3D em tablets e smartphones ainda este ano


A NVidia está a desenvolver uma nova geração de chips, o Tegra 2 3D, que permitirá aos tablets e smartphones terem um ecrã a 3 dimensões sem recurso a óculos. O lançamento será este ano.

De acordo com o  Bright Side of News, os novos processadores serão lançados no decorrer da próxima primavera e serão específicos para os dois tipos de dispositivos móveis.

Esta notícia surge depois de a empresa ter falhado o lançamento do Tegra 2 e perdido o primeiro boom dos tablet. A empresa apostou tudo na Microsoft, naquele que foi um erro estratégico, já admitido pela própria empresa

Aquele que é o primeiro chip dual core para dispositivos móveis irá equipar o Motorola Xoom e o LG Maximo 2X, que têm lançamento previsto para breve e correm no sistema operativo da Google, o Android. Com este coração, os smartphones vão tornar-se verdadeiros computadores.

Agora, a NVidia não quer perder mais nenhum comboio e uma apresentação “perdida algures no Oriente” (de acordo com o site) mostra os planos da empresa para este ano. E esses planos são grandiosos:

A NVidia quer apresentar um processador quad  core para smartphones e tablets até ao final deste ano. O novo chip – chamado Tegra 3 – terá uma versão para tablet (o T30), com um clock de 1,5 GHz e permitirá exibir vídeos Blu-ray, com um suporte para ecrãs de 1920×1200 pixels de resolução, e uma versão para smartphones, o AP30, que permitirá a opção Dual ou Quad core e suportarã ecrãs até 1366×768 pixels de resolução.


8 comentários em NVidia quer 3D em tablets e smartphones ainda este ano

  1. Marcio Ly

    A NVIDIA estava em negociação com a Apple, a Google e a Microsoft para que as empresas utilizem sua nova linha de processadores ARM. A proposta é expandir a tecnologia empregada em computadores de alto desempenho para celulares e dispositivos móveis.

    • Wanderson

      A moda agora é a parceria, é empresa comprando empresa. A intel por exemplo estava estudando a possibilidade de comprar a Nvidia ou a ATI.

  2. Anderson

    Temos q ver o quanto será a duração da bateria…espero que com dois processadores não torrem tanto a bateria…pois os smartphones de hoje duram em média um dia…

  3. Marcello

    Cada vez mais as midias se fundem,daqui a pouco com a nanotecnologia tudo será possivel e imaginar que os primeiros celulares só serviam para falar e hoje fazem de tudo com os novos aplicativos e novos e mais potentes processadores.

  4. Marcio Ly

    Pena que tudo isso nos custa tão caro, so os oculos 3D aqui varia de 500,00 a 800,00 reias, ainda são tecnologias para poucos no Brasil.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *