Destaques, Redes sociais

Encontra no Facebook filha desaparecida há 12 anos


Uma emigrante portuguesa na Venezuela encontrou no Facebook a filha desaparecida há 12 anos. Angely desapareceu nas enxurradas que em 1999 destruíram parcialmente o estado de Vargas, a norte de Caracas.
A felicidade de Lucinda Nunes, da Madeira, não pode ser maior. “Estou feliz… Feliz, não, superfeliz! Já tenho

a minha filha”, disse Lucinda à agência Lusa, citada pelo Diário de Notícias.
“Encontrei-a por sorte no Facebook, no dia em que procurava uma pessoa e, na emoção, telefonei para um irmão em Portugal que constatou as semelhanças”. Angely tinha 10 anos quando desapareceu. Agora é uma mulher.
O familiar pediu amizade, estabeleceu contato e, conta a mãe, “soube que ela era vítima de Vargas mas não se lembrava de nada”.
As duas retomaram contato e, após testes de ADN feitos pela polícia venezuelana, o tribunal permitiu que a jovem voltasse a viver com a família.
Angely Sofia “tem agora 22 anos e estava até há poucos dias numa instituição para adolescentes”, conta a mãe. “O tribunal autorizou que viesse viver comigo para iniciar um processo de adaptação”.
Na noite de 15 para 16 de Dezembro de 1999, chuvas torrenciais provocaram deslizamentos em quase 80 quilómetros da zona costeira do estado de Vargas, na Venezuela. A casa onde a família Nunes vivia em Carmem de Úria desapareceu, sobrevivendo apenas um familiar e, sabe-se agora, Angely Sofia.
A mãe tinha quase a certeza de que a filha estava viva, porque a tinha visto numa reportagem televisiva e sabido que ela passara por um aquartelamento militar.
Mas foi preciso esperar 12 anos para o Facebook voltar a juntar a família.


8 comentários em Encontra no Facebook filha desaparecida há 12 anos

  1. Anderson

    Muito bonita a história…isso nos mostra o poder das redes sociais…com ela podemos encontrar pessoas, emprego, dicas, tutoriais, etc etc

  2. Marcello

    Maravilhosa a história, o que demonstra que as redes sociais além de diminuirem distancias servem também para reaproximar pessoas antes dadas como “perdidas”.

  3. Dizia Francis Bacon que conhecimento é podes. Por essas e por outras o Facebook acumula um poder sem igual. Poder de mobilização como no Egito, poder de reunir, como a história acima, tudo depende de como ele seja usado.

  4. Marcio Ly

    Imaginem a emoção deste reencontro depois de 12 anos encontrar a filha,o facebook e outras midias ainda vão nos dar muitas alegrias e emoções.

  5. Rodrigo

    Sem duvida nenhuma o Facebook é uma ferramenta de encontros, o mundo inteiro esta conectado em uma unica pagina so esperando que as informaçoes cheguem ate nos. fiquei muito feliz por essa mae ter reencontrado sua filha.

  6. Isso faz do Facebook mais do apenas um site de relacionamento… consideremos também as amizades feitas e que certamente serão duradouras, os contatos de profissionais que nos interessam em nosso ramo, e que de outra maneira talvez não conheceríamos, … e tudo isso de graça, basta apenas ter uma conta com seu nome.

    Facebook falicita a minha vida. Não dá para enumerar aqui tudo o que já pude conseguir atravês dessa rede. Por viver em um país estrangeiro (brasil) onde estudo, o facebook tem se tornado a melhor forma de comunicar com a minha familia e os amigos que deixei. Custo zero e 24 horas no ar.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *