Destaques, Tecnologia

FCCN é primeiro cliente europeu do sistema Opsigate da Sony


A Fundação para a Computação Científica Nacional (FCCN) é o primeiro cliente europeu da nova plataforma de gestão e distribuição de vídeo baseada na web recentemente lançada pela Sony.

A entidade portuguesa responsável pela rede de investigação e educação nacional colocará assim à disposição da comunidade de utilizadores da rede um sistema automático de armazenamento, gestão e distribuição de conteúdos multimédia.

Em comunicado, a Sony garante que “a solução OPSIGATE foi desenvolvida de forma a simplificar e optimizar a utilização de conteúdo multimédia e oferecer uma gestão e distribuição de bases de dados simples, permitindo também aos utilizadores registados aceder e visualizar conteúdo armazenado directamente dos seus navegadores web e a partir de qualquer localização”.

Tratando-se de uma ferramenta de qualidade profissional para uso académico, o Opsigate “visa fomentar a partilha de conteúdos entre os produtores de vídeo das várias instituições bem como a consolidação de arquivos de vídeo já existentes com vista a uma melhor gestão e operação dos mesmos por parte da comunidade académica e científica”.

“Utilizar o sistema Opsigate de forma eficaz permite às comunidades (universidades e outras instituições de investigação) gerir e partilhar conteúdo digital, a partir de qualquer lugar, usando apenas um navegador web standard para distribuir como e quando pretendem. O Opsigate permite-nos também oferecer suporte a aulas visuais nas universidades”, explica Emanuel Órfão, responsável da área de B2B Solutions da Sony Profissional em Portugal.


7 comentários em FCCN é primeiro cliente europeu do sistema Opsigate da Sony

  1. Anderson

    Como será o armazenamento disso??? Se for física, eles terão que ter bastante espaço….será que vão usar a cloud computing?

  2. Marcio Ly

    Ferramentas iguais está facilitam muito a vida dos estudantes, nos preocupa apenas que e comum em trabalhaos academicos hoje as famosas copias..ou os ctrl-c e ctrl-v. Até onde isso e valido?

  3. Rodrigo

    TEM QUE CONTER MUITO ESPAÇO PARA COLBER TAMTA MIDIA,TAMBEM TERA QUE MELHORAR A VELOCIDADE DA BANDA PRA VER O RESULTADO FINAL.

  4. Marcello

    Bem interessante este sistema, até parece uma versão melhorada do google docs pois pelo que entendi pode agregar todo tipo de arquivo e não apenas arquivos em forma de texto.

  5. Com certeza sistemas assim ajudarão a aprimorar mais ainda a distribuição de conteúdo digital, não apenas em vídeo, nem só para fins acadêmicos.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *