Destaques, Software, Tecnologia

Adobe CS5.5: Uma suite que descomplica a vida dos designers


A Adobe lançou ontem a nível mundial a suite de softwares de design Creative Suite 5.5. As novas ferramentas representam um passo em frente na criação e edição de conteúdos, com fácil e rápida integração nos diversos dispositivos de visualização.

Criar conteúdos em simultâneo para um smartphone, um tablet ou um PC é a partir de agora possível com a atualização da suite da Adobe. A CS5.5 evita o pesadelo dos desenvolvedores de conteúdos, que tinham de replicar a mesma matéria para os vários dispositivos existentes. “A partir de agora é possível criar de uma só vez para todos os dispositivos”, afirmou ao Tech&Net Nuno Rocha, Territory Account Manager para Portugal da Adobe Systems Incorporated.

lançamento CS5.5

Lançamento da Creative Suite 5.5

Este é um lançamento intermédio porque a Adobe não atualizou todos os softwares, apenas aquele “que eram críticos para “ir de encontro às novas tendências, aos novos dispositivos e ao novo método de produção e workflow que a Adobe adotou”.

Foram atualizados neste lançamento o Dreamweaver, o Flash e o InDesign . E pode-se dizer que se trata de novos programas, uma vez que significam um novo paradigma para a forma de trabalho dos desenvolvedores e designers.

Por exemplo, a partir de agora é possível criar em simultâneo no InDesign conteúdos para impressão e para exibição online em vários formatos.

Adaptando-se ao mercado, os softwares da Adobe permitem que se obtenha a melhor experiência de interação com os conteúdos nos diversos sistemas operativos. os designers podem criar revistas digitais envolventes, livros electrónicos elegantes acompanhados de vídeo e áudio, sites Web globais assentes nos padrões HTML5 e CSS3, e aplicações móveis interactivas feitas com o software Flash para dispositivos Android™, BlackBerry Playbook e iOS da Apple.

Em simultâneo com o lançamento da Creative Suite 5.5, a Adobe criou uma nova forma de preços mais acessível, assente em pagamentos mensais para os designers “que necessitem das mais modernas versões para os seus projectos ou mesmo que queiram testar o software pela primeira vez. As novas Subscription Editions asseguram aos clientes modelos de subscrição atractivos e sempre com as mais recentes versões do software, sem a barreira do custo total. Os utilizadores podem assim desfrutar da Creative Suite 5.5 Design Premium por cerca 135€ por mês, ou da Creative Suite 5.5 Design Standard por 99€ mensais”.


18 comentários em Adobe CS5.5: Uma suite que descomplica a vida dos designers

  1. Dinho

    Gostaria de saber se, nesta versão CS5.5 , houve alguma melhora ou aperfeiçoamento no aproveitamento multi CPU e multi GPU em relação a versão CS5 , (particularmente no Mercuri, e aproveitamento do Cuda e OpenGL). E se foi ampliado o número de plugins (para Premiere, Photoshop, e After Efects) que participam tambem deste aproveitamento da máquina

    • Caro Dinho,
      Desculpe a demora a responder. Seguem algumas informações:

      

A 
Adobe 
Creative 
Suite 
5.5 
Production 
Premium 
introduz 
grandes 
melhorias
 de 
produtividade 
que 
permitem
 aos 
profissionais
 de 
vídeo 
e 
áudio 
acelerarem 
de 
forma 
significativa 
os 
seus 
fluxos 
de 
trabalho.
 O 
poderoso
 Adobe 
Mercury 
Playback
 Engine,
introduzido 
no 
Adobe 
Premiere 
Pro 
5.5,
 expande 
 o 
seu 
suporte 
a
 unidades
 de 
processamento 
gráfico
 (GPU) 
para 
incluir 
mais
 placas 
 e 
computadores 
portáteis, 
e 
permite 
aos 
utilizadores 
abrirem 
os 
seus 
projectos
 mais 
rápidamente,
 obterem 
feedback 
em 
tempo 
real
 de
mais 
funcionalidades 
de 
aceleração 
de 
GPU ,
e 
trabalharem 
de 
forma 
mais
 suave
 a 
resoluções 
de 
4 k 
ou
 superiores.



      O Adobe Premiere Pro CS5.5 aumenta o desempenho ao introduzir processos de trabalho de edicao mais simples, possibilitado pelas novas ferramentas de edição e ajustes que fornecem maior precisão e controlo. O suporte a sistemas duplos de som nos novos comandos Merge Clips do Adobe Premiere Pro CS5.5 deixam os utilizadores sincronizarem rápidamente vídeo e audio de alta qualidade gravados em dispositivos diferentes, o que é ideal para processos de trabalho DSLR e RED. O Adobe Premiere Pro tira partido dos processos de trabalho integrados com o Adobe Audition, permitindo que os utilizadores poupem tempo ao enviarem clips ou sequencias individuais, onde se incluem vídeos de referência, directamente para o Adobe Audition, para edição e restauração áudio. A liderança da Adobe em processos de trabalho baseados em ficheiros ganha um novo alcance na CS5.5, com o suporte avançado para RED e para outras câmaras digitais, incluindo melhorias no diálogo RED Source Settings no Premiere Pro e no After Effects CS5.5, e suporte nativo para media ate 5k em camaras RED Epic, através de uma extensão disponível nos Adobe Labs. Sendo uma solução de edição completamente nativa, a CS5.5 poupa tempo aos utilizadores, eliminando a necessidade de converter ou ajustar a filmagem.

      Espero que esta informação seja útil.

      Abraço,

      Alfredo

      Fonte: Adobe

  2. Marcio Ly

    A Adobe exibiu no último dia 30 uma versão demonstrativa do Photoshop para o tablet da Apple. A exibição, que você confere no vídeo acima mostra um aplicativo ainda bem incipiente, porém, já com suporte para edição em camadas. Dessa forma, o Photoshop para iPad, ainda sem nome ou previsão de lançamento oficiais, já se destaca como a salvação para quem sentia falta de uma ferramenta poderosa para a criação e edição de imagens no dispositivo portátil. Um dos destaques vistos no vídeo é a capacidade de rotação das imagens, algo que abusa da tela capacitiva do iPad e permite melhor visualização sobre as camadas.

    http://www.youtube.com/watch?v=6O4vdxJz6tE&feature=player_embedded

  3. Marcio Ly

    Os brasileiros podem comemorar pelo fato de os valores serem cobrados sem adição de impostos (já que apenas as licenças estão comercializadas).

  4. Marcio Ly

    Um dos maiores inimigos da Adobe é a pirataria. Devido aos altos preços de seus pacotes de aplicativos, muitos usuários optam por versões ilegais dos programas. Para combater esse problema, a desenvolvedora anunciou pacotes de aluguel de licenças por tempos determinados, com valores mais baixos do que as versões mais completas com licenças ilimitadas.

  5. Marcio Ly

    Já fiz alguns trabalhos com versões do Photoshop mas está realmente vai impressionar muito ainda. Tem uma remoção mágica que permite eliminar elementos que não quiser em suas fotos com uso de apenas duas teclas e ainda acontece um preenchimento automático da imagem, vi como funciona e muito interessante.

    • Anderson

      Tb utilizava as ferramentas da Macromedia (Flash, Fireworks, Dreamweaver)….
      hoje, os recursos estão muito mais avançados….e graças a Adobe

      • Wanderson

        Mas quem criou a base e transformou o Dreamwaver e o Fireworks no sucesso que eles são hoje foi a Macromedia.

        • Anderson

          ahhhh….realmente…a Macromedia foi uma das pioneiras….
          mas não podemos negar que a Adobe fez uma transformação fantástica nas atualizações dos programas

  6. ZKLaurentino

    É o melhor para os desenvolvedores. Principalmente os que trabalham profissionalmente, tendo clientes para atender, vai ser legal usufruir de uma ferramenta sempre atualizada em tempo de tecnologia que não para de inventar.

  7. Marcello

    A Adobe como uma das lideres em seu segmento e com o avanço dos diversos hardwares tem mesmo é que não se descuidar, pois os concorrentes não dormem nunca.

    • Wanderson

      A Adobe já era uma gigante no mundo dos softwares, depois que comprou a Macromedia a Adobe virou um verdadeiro monstro, ainda mais com programas líderes de mercado como o Dreamwaver. Porém o reinado do flash já está acabando!!!

  8. Marcio Ly

    Um novo modelo de negócios a ser adotado a partir da nova versão do CS5.5 o de assinaturas, ou seja, os clientes podem utilizar os principais aplicativos da marca pagando uma taxa mensal ou anual. Eles também anunciaram o início das operações da sua loja eletrônica, a Adobe Store Brasil. Através dela será possível adquirir os produtos e serviços oferecidos pela Adobe em um site totalmente em português.

  9. Letícia Faria

    Bacana essa nova possibilidade no InDesign. Já achava ele bom demais para artes gráficas. Agora, poder usuá-lo para exibição online também, será melhor ainda.

  10. Anderson

    Eu já achava a versão CS4 boa demais….
    não pude ter oportunidade de ver o CS5….
    e já me lançam a versão 5.5?? realmente, a adobe está indo com tudo..

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *