Playstation: Sony alvo de processos e da fúria dos usuários

A Sony está a braços com processos judiciais e com a fúria dos usuários por ter demorado mais de uma semana a revelar o roubo de dados que afetou mais de 70 milhões de contas.

playstation roubo de dados“Vocês comprometeram a minha informação de crédito. Nunca mais os receberão” é apenas uma das muitas mensagens que foram deixadas no blog da PlayStation Network. A companhia nipónica enfrenta uma das maiores crises da sua história por ter demorado a reagir e a alertar os usuários dos riscos que corriam depois do roubo de informações de conta.

Um porta-voz da Sony afirmou que “foram necessários vários dias de investigação forense” antes de a companhia se ter apercebido do roubo de dados. Mas a explicação não impediu que um processo já tenha entrado num tribunal norte-americano e que as entidades reguladoras tanto dos Estados Unidos como da Inglaterra já estejam a investigar, de acordo com a agência de notícias Bloomberg.

[quote_right]“Não culpo a Sony por ter sido atacada. Mas considero-os responsáveis por se manterem calados sobre o assunto”[/quote_right]

Mas o maior problema da Sony é a perda de confiança dos seus usuários e a possível migração para a Xbox e a Wii (ou a sua sucessora). Um dos usuários, com o nickname Agriel, foi claro. “Não culpo a Sony por ter sido atacada. Mas considero-os responsáveis por se manterem calados sobre o assunto”, enquanto outro, “Darkos87”, diz que “preferia ter sabido do assunto por email, em vez de o ter lido de manhã no jornal”.

“VitalogyPJ”, de Portugal, chama “cobarde” à empresa por se “esconder em tempos críticos” quando normalmente a maioria dos comentários são respondidos. A Sony deu um autêntico tiro no pé em termos de relações públicas ao tornar público o alcance do ataque apenas depois de anunciar a sua entrada no mundo dos tablet.

O alcance do descontentamento dos consumidores só poderá ser medido quando se souber quantos é que migram para outras consolas de jogos. Mas os outros sistemas de jogos online não estão isentos de problemas

A Microsoft publicou no suporte da Xbox Live a informação de que os usuários do popular jogo Modern Warfare 2 podem ser alvo de tentativas de phishing. Ainda recentemente, uma companhia de segurança revelava que o jogo online World of Warcraft era um dos mais apetecidos alvos de phishing.

 

Artigo anteriorPróximo artigo
Jorge Montez
é um dos fundadores do TecheNet, juntamente com Alfredo Beleza. Jornalista freelance, colaborou com conteúdos multimédia para alguns dos principais mídia portugueses. Foi redator, repórter e editor de jornais nacionais. É licenciado em Ciências da Comunicação. | Google +

10 Comentários

  1. Qualquer pessoa que tivesse seus dados roubados com certeza ficaria muito furiosa, imaginem todos estes usuários abrindo um processo contra a Sony.

  2. A Sony está reconstruindo a rede PSN e atualizando o firmware para o PS3, para deixar os consoles compatíveis. A base de dados da PSN irá mudar, deslocando servidores e equipamentos para uma nova área e este é um dos motivos da demora para a normalização do serviço. Olha a mão de obra que tudo isso deu.

  3. A medida que os processos chegam aos tribunais eles começam a disparar noticias para todos os lados, acho que até para confundir a cabeça dos usuários. A Sony afirma que o serviço deverá ser reativado no dia 4 de maio.

  4. Sony assegura que dados bancários de usuários do PSN estão codificados, e não confirma que dados bancários tenham sido roubados . Somente os dados pessoas não estavam codificados.

    1. Foi a própria Sony quem disse ter suspeita de que o número do cartão de crédito poderia ter sido roubado, Marcio

  5. ehh…eu não ficaria feliz por estar utilizando um serviço para me entreter….e no fim me gerar mais dor de cabeça…

  6. A PlayStation Network, um serviço da Sony que gera receitas anuais estimadas em 500 milhões de dólares, oferece acesso online a jogos, filmes e programas de TV. 90% dos clientes são americanos e europeus. Larry Ponemon, fundador e presidente do Ponemon Institute, disse que o roubo poderia custar mais de 1,5 bilhão de dólares à Sony, equivalente a uma média de 20 dólares para cada um dos 77 milhões de usuários cujos dados podem ter sido comprometidos.

  7. Esta situação realmente pegou mal para Sony, hoje pela manhã em um jornal de nível nacional aqui do Brasil passou uma matéria enorme sobre isso.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *