Apple

Ipad 3 no início de 2012


iPad 3 no início de 2012

A Apple prepara o lançamento da terceira geração do iPad nos primeiros meses de 2012. O gigante americano terá encomendado 1.5 milhões de unidades que começarão a ser produzidas em Outubro.

O novo dispositivo tablet da Apple é esperado com grande expetativa, com as notícias dos últimos dias a garantirem que o iPad 3 terá uma tela com uma resolução bastante superior à dos seus antecessores. O Wall Street Journal noticia que a produção da versão 3 do iPad terá uma tela/ecrã de 9,7 polegadas e uma resolução de 2048×1536 pixeis, o que é bastante superior à atual resolução de 1024×768 pixeis.

Fontes de vários fornecedores afiançaram ao jornal norte-americano que a Apple já tem em seu poder componentes suficientes para iniciar os testes e que a produção deverá começar em Outubro. Ou seja, o iPad 3 poderá vir a ser produzido no Brasil, com a instalação no país de uma fábrica do principal fornecedor da Apple prevista ainda para Setembro.

Rede celular 4G

E os indícios apontam ainda para que a Apple esteja a preparar-se para incorporar a nova tecnologia LTE num dos seus próximos aparelhos. A rede celular de quarta geração, também conhecida como 4G, vai começar a ser testada pela empresa de Steve Jobs, que já colocou transmissores em algumas das suas lojas nos Estados Unidos e está a recrutar engenheiros para fazer os testes no terreno.

O aparelho eleito deverá ser o iPad, uma vez que tudo aponta para que o iPhone 5 seja colocado no mercado ainda este ano. Mas a ser o iPad 3, o mesmo deverá ter duas configurações diferentes, uma vez que a rede 4G ainda está dando os primeiros passos e em poucos países e os fabricantes ainda não disponibilizam chips híbridos 3G/4G.

A notícia de que a Apple se prepara para começar a produção do iPad3 no outono surge num momento em que da companhia de Cupertino reina sem concorrência no mercado dos tablet, com os competidores a não conseguirem fazer frente à apetência dos consumidores pelo produto da Apple e mesmo com alguns a desistir, como foi o caso da HP que anunciou formalmente que se retira do mercado e baixou o preço do seu TouchPad para 100 dólares nos Estados Unidos.

Sem concorrência

Os tablet da Apple não têm concorrente à altura.

O Xoom da Motorola foi o primeiro que prometia competir com armas semelhantes ao iPad mas quando foi colocado no mercado Steve Jobs anunciou o iPad 2 e as expetativas da companhia que a Google quer comprar saíram goradas.

E quando aparece um concorrente que parece lutar com a Apple de igual para igual, esta contra-ataca com processos legais, como foi o caso no novo Samsung Galaxy Tab 10.1 que está a ser alvo de uma árdua batalha legal.

Fonte: Wall Street Journal, Exame

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *