Redes sociais

Google Plus dispara e pode chegar aos 50 milhões esta semana


Google Plus dispara e pode chegar aos 50 milhões esta semana

 

A rede social Google Plus  foi aberta a todos no dia 20 e em apenas dois dias teve um aumento de 30 por cento de usuários, chegando à marca de 43,4 milhões de usuários, entretanto já ultrapassada.

O Google Plus é a rede social com o maior crescimento de sempre, tendo conseguido em menos de três meses o que Facebook e Twitter fizeram em mais de 30 meses, ou seja, em dois anos e meio.

Os dados não são oficiais, mas partem de uma fonte fidedigna. Paul Allen tem um método de contabilizar o número de usuários do G+ que já provou ser eficaz. A única vez que a Google reportou oficialmente o número de membros do Google Plus, as cifras eram iguais às do analista. Allen utiliza um modelo que procura por 400 nomes não comuns e faz a extrapolação, tendo conseguido um número da ordem dos 37,8 milhões de usuários. Mas como esse modelo apenas se aplica a caracteres latinos e deixa de fora alfabetos como o árabe, o chinês ou o japonês, estima que o total de usuários seja já de 43,4 milhões de usuários

Raúl Martinez utiliza um método menos científico mas muito mais simples. Limita-se a fazer uma busca no Google e hoje esse método apresenta como resultado mais de 47 milhões de usuários, o que permite antever que no dia em que fizer três meses (28 de Setembro) e apenas uma semana depois de ter sido aberto a todos, o Google Plus pode chegar aos 50 milhões de usuários.

E a Google apenas permite perfis pessoais. As empresas ainda não podem estar no Google Plus, estando a companhia a preparar a sua chegada. Quando tal acontecer é de esperar um aumento substancial dos usuários porque o G+ é visto como a rede social em que os membros mais interagem e, consequentemente, é um poderoso instrumento de comunicação para as companhias. Esse crescimento poderá ainda explodir quando a rede for aberta a menores de idade. Atualmente, apenas pessoas com mais de 18 anos podem entrar no Google Plus, ao contrário do Facebook que permite a inscrição de jovens a partir dos 13 anos.

A Google tem mostrado muito cuidado com a privacidade do usuário, dando-lhe total controlo sobre a forma como os seus posts e as suas informações pessoais são partilhadas, pelo que é pouco crível que abra a rede a jovens a partir dos 13 anos. Contudo, dentro da própria rede e nos foruns que alimenta para melhorar a experiência dos usuários, a Google tem sido muito confrontada com a necessidade de baixar o limite de idade de adesão ao Google Plus para os 16 anos.


Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *