Futuro hoje

Baterias podem durar 10 vezes mais


Uma semana de autonomia

Um equipa de cientistas norte-americanos afirma ter criado baterias para smartphones e PC que duram uma semana. As baterias poderão chegar ao mercado dentro de cinco anos.

Aqui está uma boa notícia para todos aqueles que dão uma utilização intensiva aos smartphones e aos computadores. Dentro de cinco anos, as baterias destes aparelhos poderão estar uma semana sem necessidade de serem recarregadas. Uma equipa da Northwestern University, nos Estados Unidos, substituiu as folhas de silício por pequenos conglomerados do mesmo material e conseguiu o milagre.

As novas baterias carregam em apenas quinze minutos e demoram uma semana a descarregar. A diferença está no conglomerado de silício. O processo de oxidação química que ocorre durante o carregamento abre pequenos orifícios do tamanho de um átomo no grafeno que são ocupados por iões de lítio. Os iões ajustam-se mais rapidamente – o que permite o carregamento mais rápido. Mas a mudança do material também permite que mais iões de lítio se alojem na placa de grafeno, conseguindo-se assim uma maior durabilidade da bateria.

Os cientistas ainda estão a desenvolver o processo que ainda tem um problema que não foi ultrapassado. Ao fim de 150 recargas, a bateria perde as suas caraterísticas especiais. Ou seja, ao fim de um ano perdem a sua capacidade extraordinária mas, afiançam os cientístas, ainda seriam superiores às baterias atualmente no mercado: “Mesmo depois de 150 cargas, o que seria um ano ou mais de funcionamento, a bateria ainda é cinco vezes mais eficaz do que baterias de lítio hoje no mercado”, afirmou Harold Kung, chefe do projeto à BBC.

Via: Público

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *