Imagem & som

O fim de uma era: Kodak acaba com o digital


Câmaras e vídeo com dias contados

 

A Kodak anunciou hoje que vai fechar todas as suas áreas de negócio no digital, interrompendo o fabrico de câmeras, máquinas de vído (filmadoras) e dedicar-se ao negócio da impressão.

Depois de ter entrado com o processo de insolvência, a Kodak anuncia agora o fim das suas divisões digitais. Este é o fim de uma era e o atirar da toalha ao chão por parte da companhia que lançou as primeiras câmaras digitais e os sensores que ainda hoje são utilizados por máquinas de todas as marcas.

kodak acaba digitalA Kodak foi sempre sinónimo de fotografia, mas a partir de agora quer ser conhecida pelas suas soluções de impressão. A Kodak vai manter o negócio de quiosques de impressão fotográfica e criar uma linha de impressoras de baixo custo para o mercado residencial.

“Há já algum tempo, a estratégia da Kodak tem sido a de melhorar as margens no negócio de dispositivo de captura, estreitando a nossa participação em termos de portfólio de produtos, geografias e lojas. O anúncio de hoje é a extensão lógica desse processo, dada a nossa análise das tendências do setor “, disse Pradeep Jotwani, Presidente, empresas de consumo, e Kodak Chief Marketing Officer.


Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *