Gadgets, Mobile, Notícias

Estará a Google a subsidiar o preço do Nexus 4?


Nas últimas semanas muitos especialistas têm se interrogado como é possível o Nexus 4 ter um preço tão baixo para as características técnicas que possui. Relembramos que o mais recente elemento da família Nexus, está à venda a partir de 234 euros (610 reais) na Play Store da Google. Novos indícios levam a crer que a Google está a suportar parte do preço que o Nexus 4 custa.

Segundo a Phone House uma cadeia de lojas espanhola especializada em venda de dispositivos móveis e parte do grupo do reino unido Carphone Warehouse, a LG (o fabricante do Nexus 4 da Google) está a vender o Nexus 4 a um preço bastante mais elevado do que a Google está na sua loja online Play Store.

Enquanto este smartphone Android custa $300 na loja Google Play, a LG está a propor à Phone House um preço recomendado de $770 (600 euros ou 1564 reais). A cadeia de lojas espanhola não menciona qual a versão do Nexus 4 que se está a referir (8GB ou 16GB), nem quanto os aparelhos custam directamente à empresa.

Apesar disso a Phone House sugere que ou LG está praticar preços elevados face ao custo do próprio aparelho ou a Google está a vender o aparelho directamente aos clientes abaixo do preço de custo. No caso da Google estar vender o Nexus 4 abaixo do preço de custo, implica que o preço de venda na Play Store é subsidiado. Isto significa que a Google paga à LG uma percentagem por cada Nexus 4 que vende.

Este cenário faz total sentido e basta fazer as contas para perceber que a Google pode estar a subsidiar cerca de 466 euros ou 955 reais se o modelo que a Phone House se refere for o de 8GB. Se o modelo referido do Nexus 4 for o de 16GB (272 euros ou 709 reais), então poderá estar a subsidiar, cerca de 328 euros (cerca de 855 reais). Há quem classifique esta táctica de vendas como “dumping”, e é aliás punida por lei em uma boa parte dos países europeus. Claro que será muito difícil de provar e apenas poderemos esperar queixas e pedidos de investigações vindas de rivais do Android.

De qualquer das formas é um valor subsidiado bastante grande e que no limite será difícil de bater por outros fabricantes de smartphones com o Android. Por um lado é sem dúvida alguma uma boa notícia para o consumidor final que pode comprar através da Play Store um excelente smartphone por um preço irrisório.

Contudo poderá aumentar o fosso para as outras empresas que estão a fazer grandes esforços para se manterem competitivas com uma boa relação preço/qualidade. Isto significa que num futuro não tão distante quanto possamos esperar, iremos assistir a algumas empresas abandonarem este mercado devido a já não aguentarem margens de lucro que estão a ser praticadas.


Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *