Samsung planeja iniciar a produção em massa de telas flexíveis para tablets e smartphones Mobile, Tecnologia

Samsung pretende iniciar a produção em massa de telas flexíveis para tablets e smartphones


De acordo com uma notícia publicada pelo jornal americano THE WALL STREET JOURNAL, a Samsung planeja iniciar em breve a produção em massa de ecrãs (telas) usando plástico em vez de vidro, de forma a tornar os dispositivos móveis mais resistentes, mais leves e flexíveis.

A Samsung Display Co.  está na última fase de desenvolvimento das telas (ecrãs) flexíveis para dispositivos móveis (tablets e smartphones, por exemplo)e, de acordo com uma fonte do jornal americano,  a expectativa é de que possam ser lançados no primeiro semestre de 2013.

A gigante da tecnologia Sul Coreana – Samsung – não revelou quanto está a investir no desenvolvimento desta tecnologia e ainda não é possível saber quando terá início a comercialização de dispositivos móveis com ecrãs flexíveis.

Os novos ecrãs (telas) irão incorporar a tecnologia OLED, a mesma que a Samsung já utiliza nalguns televisores e smartphones. As telas OLED são extremamente finas e podem ser aplicadas em materiais flexíveis, tais como plásticos ou folhas de metal. Com a utilização de plástico em vez de vidro é possível produzir ecrãs mais leves, mais resistentes e, certamente, reduzir os custo de produção.

Lee Chang-hoon, vice-presidente da Samsung Display Co. , disse que alguns clientes já estão a testar as telas flexíveis, mas que ainda não foi determinada nenhuma data para o lançamento de produtos que incorporem essa tecnologia.

“A principal razão para a Samsung para usar o plástico em vez de vidro convencional é a produção de monitores inquebráveis. A tecnologia também pode ajudar a reduzir custos de produção e ajudar a diferenciar seus produtos de outros rivais”, disse Lee Seung-chul, analista da Shinyoung  Securities.

A Samsung não é a única empresa a trabalhar no desenvolvimento de telas OLED flexíveis, a Sony e a LG também já apresentaram os seus protótipos. No entanto, até agora, nenhum fabricante foi capaz de comercializar dispositivos baseados  nessa tecnologia, em função de dificuldades tecnológicos na produção em série. A Samsung não quer deixar os seus créditos em mãos alheias e pretende ser a primeira a colocar um produto no mercado.

A estratégia de produção em série de telas flexíveis e a consequente incorporação em smartphones e tablets, poderá ditar a diferença entre os diversos produtos, permitindo à Samsung consolidar a sua posição e até aumentar a sua cota num mercado que se encontra em franco crescimento.

Assista a alguns vídeos de apresentação de telas flexíveis

Samsung, LG show flexible OLED, e-paper displays

Sony develops a rollable OLED screen

Samsung Flexible AMOLED Display at CES 2011

Amazing Screen Technology : Samsung Flexible AMOLED


Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *