SMiShing Internet, Mobile, Segurança

Cuidado com o aumento das fraudes através de dispositivos móveis durante as festas


A Check Point  alerta para as previsões de aumento do número de fraudes através de dispositivos móveis durante a época de compras Natalícias e os saldos que normalmente se seguem. A grande quantidade de ofertas e promoções que os utilizadores recebem, muitas vezes através de mensagens SMS, bem como a crescente tendência para os consumidores adquirirem bens online através de dispositivos móveis, fazem disparar os riscos e tornam os smartphones na principal via de lucro para os cibercriminosos.

Ofertas, presentes, descontos ou felicitações, todas estas fórmulas podem esconder uma fraude e a sua crescente sofisticação, com recurso a métodos de “personalização” da comunicação com os utilizadores e potenciais vítimas, transforma-os em armas cada vez mais poderosas. Fazer clique num falso link, descarregar um ficheiro anexo de uma fonte pouco fiável, ou responder a uma mensagem fornecendo informação, podem ser acções arriscadas tanto para a segurança da nossa informação, como para a das nossas contas bancárias.

Os dispositivos móveis estão a tornar-se numa ferramenta muito poderosa para os cibercriminosos. Já os utilizamos para consultar o email, descarregar ficheiros, navegar e inclusive realizar compras online. As ameaças estão a crescer e, no entanto, a consciencialização dos utilizadores nem sempre é a mais adequada”, afirma Mario García, director geral da Check Point Iberia.

No que se refere à recepção de mensagens SMS, a Check Point recomenda aos utilizadores que não lhes respondam em nenhuma circunstância, e que ignorarem e apaguem qualquer mensagem em que se solicite, por exemplo, códigos de vários dígitos como chaves determinadas para o dispositivo móvel, já que pode levar o utilizador a incorrer em taxas não desejadas e despesas de assinatura. No caso do email, recomenda-se que se abram os anexos com cuidado e nunca fazê-lo se contiverem extensões suspeitas como “.Exe” “.PDF” ou ficheiros do Microsoft Office, já que podem conter links ou códigos maliciosos incorporados.

Quanto às compras online nestas Festas, e subsequente época de Saldos, realizadas através de dispositivos móveis, o melhor conselho continua a ser, em primeiro lugar, fazê-las sempre em sites seguros (SSL) e, no caso de receber ofertas via SMS ou e-mail, comprovar sempre a legitimidade das lojas entrando directamente nas páginas dos fornecedores.

Por último, é recomendável o uso de cartões virtuais como a forma de pagamento mais segura nas compras online, seja através do dispositivo móvel ou do computador. Quase todas as entidades bancárias oferecem já entre este tipo de cartões e são uma boa fórmula para destinar quantidades de dinheiro específicas para compras online sem pôr em risco o resto das nossas poupanças.

Os bancos costumam emitir estes cartões de forma gratuita ou a um preço pouco significativo, e funcionam com dígitos provisórios ou de utilização única. Por isso, estes cartões de crédito virtuais não põem em risco os dados das contas bancárias mesmo que um cibercriminoso consiga obter o seu número, já que normalmente são de uso isolado e contêm plafons reduzidos previamente estabelecidos”, conclui García.

Imagem gentilmente cedida por watcharakun via Free Digital Photos


Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *