Mobile, Notícias

ASUS anuncia MeMO Pad, um tablet para todas as carteiras.


A ASUS foi um dos conceituados fabricantes que marcou presença nesta última edição da CES 2013. Mas se você era dos leitores que esperava que a empresa de Taiwan já tivesse levantado o véu, em relação a todos os anúncios de produtos para o início do ano, então temos uma novidade para si. Conheça de seguida o MeMo Pad o novo tablet “low-cost” da ASUS.

O MeMO Pad é um tablet Android com um ecrã de 7 polegadas, especialmente concebido para os usuários que pretendem gastar o mínimo possível e ao mesmo tempo procuram um tablet com um mínimo de qualidade. À primeira vista parece fisicamente semelhante a um Nexus 7, mas uma cuidada comparação no campo do hardware revela que as diferenças são enormes (com um claro prejuízo para o MeMO Pad). Este facto não é necessariamente mau, já que este tablet é destinado a mercados emergentes, onde o preço é mais importante do que propriamente o poder de processamento.

Para perceber a utilidade deste tablet é necessário algum realismo. Na verdade, só um nicho de utilizadores é que utiliza regularmente o seu tablet para tirar partido de jogos com requisitos gráficos elevados. A maioria dos proprietários de um tablet usa-o mais como uma “ferramenta” para realizar tarefas pouco exigentes a nível de processamento como por exemplo: navegar na internet, ver email, chat e aceder às redes sociais (entre outras tarefas).

O Pad MeMO parece se encaixar neste último padrão de utilização e é por essa razão acompanhado por um preço generoso. Trata-se de $149 (cerca de 111 euros ou 303 reais) para o modelo com menor armazenamento interno.

img_asus_memo_pad_02

Mas o Pad MeMO tem alguns pontos positivos, a começar pelo facto de já trazer instalado o Android 4,1 Jelly Bean. É uma vantagem porque os tablets de baixo custo, regra geral trazem versões bastante desactualizadas do Android. E com base no bom historial que a ASUS tem em dar suporte aos seus clientes, quem adquirir este Tablet sabe que terá grandes probabilidades de receber mais do que uma actualização para versões mais recentes do Android.

Duas áreas onde a ASUS claramente cortou nos custos foi no ecrã e no processador. O ecrã possui uma resolução de 1024×600 e internamente este tablet utiliza um processador VIA WM8950 com uma velocidade de relógio de 1 GHz (single core), acompanhado por um GPU Mali-400. O Pad MeMO possui ainda 1GB de RAM, e 8GB ou 16GB de armazenamento internos.

Mas existe ainda outros dois pontos positivos neste tablet. No caso do armazenamento interno ser insuficiente, é possível expandir o armazenamento interno através de um cartão micro SD já que o tablet traz uma slot compatível com este formato. Finalmente, a ASUS à semelhança dos seus outros tablets, disponibiliza ainda 5GB de armazenamento cloud, uma oferta que complementa de forma perfeita eventuais limitações de espaço deste tablet.

A oferta de cores em que este modelo estará disponível é mais generosa em relação ao Nexus 7 que só é disponibilizado em uma cor. Em particular o novo tablet da ASUS será disponibilizado em tons de branco, cinzento, preto e rosa. Quanto às restantes características do novo tablet da ASUS confira de seguida.

  • CPU / GPU – VIA WM8950 (1GHz) / Mali-400
  • Sistema Operativo – Android™ 4.1 Jelly Bean
  • Ecrã/Tela – 7 polegadas (1024 x 600, 170PPI) LED-backlit;  multi-touch – até 10 pontos em simultâneo; 140º de ângulo de visão; 350-nits de claridade
  • Câmara Frontal – 1MP com sensor retro-iluminado, f/2.0, capacidade de captura de vídeo em HD (720p HD) a uma taxa de 30fps.
  • Armazenamento –  1GB RAM; 8GB ou 16GB memoria interna, expansível por intermédio de uma slot para cartão microSD  (expansível até 32GB); 5GB de armazenamento cloud ASUS WebStorage
  • Wireless – 802.11b/g/n Wi-Fi
  • Conectividade – 3.5mm auscultador/microfone; porta Micro-USB ; Sensores; G-Sensor;
  • Aplicações Pré-instaladas – ASUS SuperNote Lite; ASUS WebStorage; ASUS WebStorage Online Office; ASUS Studio; BuddyBuzz; MyPainter; MyBitCast
  • Autonomia – 7 horas (16Wh Li-polymer, 4270mAh)
  • Cores disponíveis – Preto, Sugar White (Branco), Titanium Gray (Cinzento), Cherry Pink (Rosa)
  • Dimensões – 196.2 x 119.2 x 11.2 mm – 7.72 x 4.69 x 0.44”
  • Peso – 370g – 13.1oz

Mais uma vez salientamos que este não é um Nexus 7 “killer”, mas também não é suposto ser. O Nexus 7 é apontado para um segmento de mercado médio/alto enquanto o Pad MeMO tem o objectivo de ser comercializado nos mercados emergentes em que o preço é um factor diferenciador. Por essa razão qualquer semelhança do novo tablet com o equivalente subsidiado pela Google é pura coincidência.

A ASUS não anunciou as regiões específicas onde irá comercializar o Pad MeMO. A única excepção a esta regra, foi o mercado estados unidos onde a empresa afirmou que este dispositivo irá começar a ser comercializado a partir do mês de Abril. Via ASUS


4 comentários em ASUS anuncia MeMO Pad, um tablet para todas as carteiras.

  1. nuno

    Parece bastante interessante e promissor… espero que chegue a Portugal .

    Outro que saiu á pouco tempo, também a um preço reduzido, foi o Acer B1-A71 . Seria possivel fazer uma comparação entre os dois tablets? Ambos são de baixo custo e parecem disputar o mesmo mercado

    • Rui Oliveira

      Olá Nuno.

      Também ja ouvimos falar do Acer que refere. Aparentemente o Acer parece um pouco melhor a num ponto das suas características, devido ao facto de incluir um processador dual-core a uma frequencia um pouco superior (1.2GHZ) em relação ao processador VIA incluído neste ASUS. Contudo esse Acer na minha opinião compromete na memória, apenas tem 512MB de memória Ram enquanto o Pad MeMO tem 1GB. E actualmente não aconselho a ninguém um tablet que tenha menos de 1GB de RAM. Parecendo que não isto faz toda a diferença quando tem muitas aplicação abertas ao mesmo tempo. De resto são muito parecidos a nível de características. Do que conheço do suporte Android entre ASUS e ACER, inclino-me mesmo assim para este ASUS.

      Atenção a Acer é competente nas actualizações e quando diz que actualiza cumpre a palavra (já tive um Acer). Mas a Asus além de cumprir é mais rápida a fazer as actualizações.

      Espero ter ajudado a que perceba as principais diferenças deste tablet.

      • nuno

        Obrigado pelas indicações Rui.

        Apesar de não tencionar fazer uma utilização muito intensiva, dou importância a que as aplicações corram com “suavidade” quando abertas ao mesmo tempo.
        Quanto ás actualizações, eu não conhecia a situação da Acer, mas sabia que a Asus coloca as actualizações rapidamente.

        Mais uma vez obrigado pelo conselho.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *