Apple, Mobile, Notícias

Samsung pede a um tribunal para ter acesso ao código fonte do iOS 6


A Samsung decidiu pedir a um tribunal da Coreia do Sul que lhe seja concedida acesso ao código-fonte do iOS 6. No mais recente capítulo do litígio de patentes que separa Apple da Samsung, a empresa sul-coreana alega que apenas o código da plataforma móvel será capaz de esclarecer se a Apple infringiu as suas patentes.

De acordo com uma reportagem do “The Korea Times” em reacção ao pedido da Samsung, o departamento jurídico da Apple, terá ficado “chocado” com o pedido, referindo-se a ele como “ridículo” e “irrealista”. Segundo os advogados da empresa de Cupertino. “Não faz qualquer sentido. A Samsung está praticamente a alegar que devemos desistir de nossos dados mais importantes”.

De qualquer forma parece um pedido coerente com a estratégia inicial da Samsung para este processo, visto que a empresa já tinha pedido ao tribunal, que os engenheiros de software da Apple pudessem depor sobre o funcionamento interno do iOS. Sem surpresa, nessa altura a Apple recusou o pedido.

Por outro lado, enquanto a relutância da Apple para divulgar o seu código para Samsung é compreensível, os advogados da empresa estão a ser convenientemente “ingénuos” quando afirmam que o pedido da Samsung não tem precedentes. Aliás, a divulgação do código-fonte é bastante comum em processos que envolvem patentes tecnológicas.

E claro o batalhão de advogados da Samsung sabem disso também. A fabricante sul-coreana de smartphones fez um pedido semelhante em outro processo de patentes contra a Apple em 2011, mas num tribunal da Austrália. O juiz, nesse caso, deferiu o pedido, e de forma consequente ordenou que fosse dado acesso à Samsung do código fonte utilizado na altura no iPhone 4S.

Mas os advogados da Apple ficaram surpresos e indignados com táctica da Samsung na altura? Pelos vistos não, já que eles próprios tentaram tirar partido da mesmo procedimento legal.

Mais tarde, no mesmo ano, a Apple conseguiu uma vitória importante contra a Samsung, quando convenceu o tribunal de San José da Califórnia, a conceder-lhe o acesso ao código fonte do Samsung 4G e Galaxy Tab 10.1. Nesse caso, a Apple foi tão inflexível nas alegações que o código da Samsung era crucial para o seu caso, que depois de analisar o mesmo que a Samsung entregou ao tribunal, alegou que a empresa sul-coreana havia apenas cumprido parcialmente com a ordem judicial.

É deste modo sem tréguas à vista que decorre a batalha entre os dois gigantes. A dimensão e o alcance dos litígios em que a Apple e Samsung estão actualmente envolvidos é de tal forma global que abrange 4 continentes: América (EUA), Europa, Ásia e Austrália. No total são 40 processos que as duas empresas utilizam não só para defender a sua propriedade intelectual mas como táctica para ganhar vantagem no mercado um sobre o outro.

Recordamos que neste caso particular agora a ser julgado no Tribunal Distrital Central de Seul, a Samsung alega que a Apple infringiu as suas patentes devido a uma implementação de um recurso que permite que usuários do iPhone possam consultar actualizações de mensagem quando utilizam um gesto de arrastar a extremidade superior da tela/ecrã. Via Korean Times


Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *