Notícias, Software, Tecnologia

Windows Live Messenger deixa de funcionar dia 15 de Março. Será que deixará de se poder conectar?


A rede Messenger foi dos primeiras recursos “user-friendly” para troca de mensagens instantâneas (chat). A popularidade que conseguiu em pouco tempo a uma escala mundial tornou-o na maior rede de chat do mundo. Claro que entretanto surgiram outras alternativas viáveis como o Google Talk, Skype e até o próprio chat do Facebook. O legado será continuado pelo Skype que tem agora o papel de substituir o veterano serviço de Chat da Microsoft. Mas será que o serviço de Messenger vai ser imediatamente desligado?

Surgiram recentemente  relatos de que a Microsoft iria acabar com o seu serviço Messenger em 15 de Março, obrigando todos os seus usuários (excluindo daqueles que residem na China) a passarem a usar o Skype para enviar mensagens instantâneas. Esta informação é proveniente de um e-mail que a Microsoft começou a enviar para os usuários do Messenger informando-os sobre a necessidade de migrar do Windows Live Messenger para o cliente Skype de modo a continuar a conversar com os seus amigos.

Este email levantou um problema de imediato. E o que irá acontecer a todos os usuários que não usam o cliente oficial do Messenger para Windows? Por exemplo, o Windows Phone integra o serviço de Messenger no seu hub de mensagens, mas não se consegue ligar à rede de Skype. Da mesma forma, o Xbox tem pontos onde existe uma integração com o Messenger. E claro existem também inúmeros clientes de terceiros compatíveis com a rede de Messenger. Alguns exemplos desses clientes incluem o Pidgin, Adium, Digsby, e Trillian.

Se a Microsoft fosse realmente encerrar o serviço de Messenger em 15 de março, todos estes clientes iriam instantaneamente deixar de funcionar. Mas será que é isto que vai acontecer? Segundo um representante da Microsoft  ao contrário dos relatos  anteriores, o serviço Messenger não será encerrado de forma imediata em 15 de Março. Aliás esta data apenas representa o fim do acesso oficial ao Messenger, contudo o serviço irá operar por algum tempo ainda.

No dia 15 de Março, todos os clientes Windows Live Messenger que se tentem ligar serão impedidos pela Microsoft de se conectar à rede. Caso isso aconteça os usuários serão informados que devem instalar o cliente do Skype em seu lugar. Por sua vez o cliente Skype continuará a se conectar à rede do Messenger (como acontece actualmente) e permitirá a comunicação com os usuários do Messenger.

Contudo os clientes de terceiros não devem ser afectados e continuarão a conseguirem se ligar ao serviço do Messenger. A única excepção é o vídeo chat utilizado no Kinect para a Xbox. A Microsoft refere que também deixará de funcionar quando o cliente de desktop for bloqueado. Em Outubro de 2013, a Microsoft vai desligar a sua ligação de clientes externos por intermédio do protocolo XMPP. Por essa razão todos os clientes de terceiros que dependem deste protocolo irão deixar de trabalhar nessa altura.

A rede messenger continuará a funcionar até Março de 2014. Nesta altura, todas as infraestruturas de apoio ao protocolo que suporta a rede MSN serão desligadas, e o mais provável é que os actuais clientes Windows Phone e Xbox deixem de trabalhar. No entanto, a Microsoft tem ainda tempo para resolver esta situação, nomeadamente desenvolver e implementar novas actualizações que permitam que estes clientes se passem a ligar à rede do Skype.

Mas porque é que a Microsoft está tão interessada em cortar o acesso ao serviço da rede Messenger o mais rapidamente possível? Nos bastidores, a Microsoft tem vindo a integrar grande parte da infraestrutura e servidores do Messenger de modo a dar suporte ao armazenamento de mensagens instantâneas para o Skype. E como é compreensível, quer que a transição se faça o mais rapidamente possível para deixar de ter de manter duas redes independentes de chat e ao mesmo tempo realocar todos os recursos do Messenger para a rede do Skype.

Podemos assim concluir que para usuários de clientes de terceiros esta pode ser uma notícia positiva. Se o serviço viesse realmente a ser desligado em 15 de Março estes clientes iriam parar de funcionar de imediato. Assim sendo, os usuários desses clientes têm agora um espaço de manobra até decidirem mudar para o Skype como cliente oficial. Apesar deste aspecto, a vantagem que possam tirar é pequena porque a maioria das pessoas utiliza o cliente Windows Live Messenger da Microsoft e irá migrar. Isto significa que vão ficar muito poucos usuários na sua lista de contactos a usar clientes de terceiros compatíveis com o Messenger.

A notícia é menos positiva para os usuários do cliente oficial. Na nossa opinião a funcionalidade de mensagens instantâneas existente no cliente Skype é em alguns pontos diferente da que existe na aplicação de Messenger e fará que alguns usuários que nunca tenham experimentado o Skype tenham que aprender a utilizá-lo. Via Neowin


1 comentário em Windows Live Messenger deixa de funcionar dia 15 de Março. Será que deixará de se poder conectar?

  1. Jose Oliveira

    Era bom que os senhores da Microsoft desenvolvessem algo melhor que o actual Skype para CHAT. Pois como refere o texto, para quem quer usar unicamente a funcionalidade chat, o skype é do pior….

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *