Falta de privacidade e golpes afetam usuários do WhatsApp Bitdefender, Segurança

Falta de privacidade e golpes afetam usuários do WhatsApp


Surgindo como uma solução para usuários incansáveis do envio de SMS, o WhatsApp Messenger permite o envio de torpedos por meio de conexões Wi-Fi ou 3G. Graças à sua utilidade, o aplicativo gratuito rapidamente caiu no gosto dos usuários, favorecendo ainda o compartilhamento de fotos, vídeos e demais conteúdos.

Disponível para aparelhos com sistemas operacionais iOS, Android, BlackBerry, Nokia Symbian, Nokia S40 e Windows Phone, o WhatsApp identifica seus usuários pelo número do telefone. Para isso, após instalado, o aplicativo importa toda a lista de contatos do aparelho, a fim de localizar outros números que também utilizam o serviço.

Prático para o usuário, o mecanismo do WhatsApp, porém, serviu como um alerta para especialistas de segurança, levantando suspeitas em relação ao modo como o aplicativo lida com questões de privacidade.

Falhas de privacidade

O aplicativo de mensagens instantâneas foi alvo de investigações de autoridades no ramo de privacidade e proteção de dados dos governos da Holanda e Canadá. Entre os motivos, está o fato de que, mesmo depois de localizar os contatos que já fazem uso do serviço, o WhatsApp não remove os números de não-usuários de seu sistema.

De acordo com as leis de privacidade dos dois países, o armazenamento desses dados é ilegal e a falha, portanto, poderá ser corrigida com um processo ao aplicativo. Além disso, ao ser investigado, constatou-se que, inicialmente, o WhatsApp enviava conteúdos não criptografados, o que facilita golpes como a espionagem e interceptação do envio e recebimento de mensagens.

WhatsApp enviava conteúdos não criptografados

Golpes e cuidados de segurança

Somadas às falhas de privacidade, estudadas pelas autoridades internacionais, os usuários do WhatsApp ainda se depararam com ameaças dentro do próprio sistema do aplicativo. Uma delas foi o caso da mensagem fraudulenta afirmando que o serviço móvel seria cobrado, caso o usuário em questão não repassasse a mensagem a seus demais contatos. Além disso, quem se negasse a disseminar o aviso, poderia ter sua conta, supostamente, desativada.

Outro golpe, mas, dessa vez, circulando pelo Facebook, foi o surgimento de um falso aplicativo WhatsApp. Espalhado pela rede social por meio de solicitações enviadas por amigos adicionados, o aplicativo mentiroso tenta obter informações pessoais dos usuários através de códigos maliciosos. A ameaça, portanto, além de se passar pelo sistema oficial, ainda rouba dados de privacidade, sinalizando a importância de ficar atento a qualquer atividade realizada online.

Entre golpes e fraudes, o WhatsApp tem investido em mudanças a fim de reforçar suas medidas de segurança. Os cuidados com Android e outros sistemas operacionais, no entanto, continuam sendo essenciais por parte dos usuários de internet e smartphones, reforçando também o diferencial de se comprar antivírus especiais para esses dispositivos móveis.

 

Este artigo foi criado pela equipe Bitdefender Antivírus para uso exclusivo do blog TecheNet.

Crédito das imagens: Flickr.


2 comentários em Falta de privacidade e golpes afetam usuários do WhatsApp

  1. Além de tudo isso existem também pessoas que ligam para os nossos telefones tentanto aplicar algum tipo de golpe para conseguir o nosso dinheiro. Eu já fui vítima de um desses golpes. Agora sempre quando recebo uma ligação de um número que não conheco, busco sempre informações sobre o mesmo em um site muito interessante que se chama o Tellows. http://www.tellows.com.br esse site é ótimo e nos da dicas de como se livrar de pessoas que tentam nos aplicar golpes

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *