Dennis-Woodside Mobile

MOTO X, a arma da Google contra o iPhone 5 da Apple e o Galaxy S4 da Samsung


A Google, através de sua subsidiária Motorola, vai tentar combater o iPhone 5 e Galaxy S4 com o lançamento de um smartphone mais barato e capaz de antecipar as “necessidades dos utilizadores (usuários)”.


O anúncio foi feito durante a conferência D11, organizado pelo site americano All Things Digital. Dennis Woodside, CEO da Motorola, confirmou que a companhia se prepara para lançar um smartphone  “mais consciente do ambiente” e “suficientemente inteligente para antecipar as necessidades de utilização”.

O novo dispositivo, baptizado de MOTO X, será fabricado nos Estados Unidos e az parte da nova estratégia da Motorola. De acordo com o Ceo da Motorola, o objetivo é o de fazer baixar os preços dos smartphones e combater as extraordinárias margens de lucro da Apple.

Tudo nos leva a crer que um novo duelo de gigantes se avizinha. Segundo o “patrão” da Motorola, o novo smartphone irá rivalizar com o iPhone 5 da Apple e , é claro, com o mais recente topo de gama da Samsung, o Galaxy S4.

“O MOTO X é consciente do que se passa ao seu redor. Vocês poderão interagir melhor com o MOTO X do que com os outros aparelhos disponíveis no mercado”, afirma Dennis Woodside.

O novo smartphone da Motorola, utilizará sensores colocados no seu interior, como um giroscópio e um acelerómetro (que irão consumir pouca energia), para que o MOTO X seja capaz de saber se está num carro, num bolso ou na mão do utilizador. Com base nisso, o Moto X vai tentar descobrir o que irá fazer o usuário (utilizador), por exemplo, poderá abrir a aplicação da antecipando a necessidade do utilizador.

Confira o vídeo em que Dennis Woodside fala do MOTO X:

O novo MOTO  X será fabricado pela Flextronics International, a quem a Motorola delegou a sua produção, e cujas instalações já foram usadas para fabricar telefones da Nokia. Cerca de 70% da produção será concentrada lá, o que faz com que este seja o primeiro smartphone construído nos Estados Unidos. No entanto, os processadores são de Taiwan e as telas OLED são da Coréia.

De acordo com Dennis Woodside o MOTo X deverá ser lançado  em outubro, a um preço inferior ao do iPhone 5.

Será que é agora que a Motorola irá renascer das cinzas e recuperar o estatuto perdido? Neste momento a sua cota de mercado é de cerca de 3%, muito longe da Apple e ainda mais da Samsung.

Fonte: All Things Digital


Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *