Mint-15-Olivia-Mate-RC-1 Sistemas Operativos, Tutoriais

Tutorial Mint 15 Olivia com a interface Mate RC 1


Os 2 lançamentos que a Mint ontem fez, Mint 15 Olivia com a interface Mate RC 1 e com interface Cinnamon, são muito iguais nas ferramentas que nos são disponibilizadas e nos flavours característicos desta distribuição, eu confesso que estava à espera de um pouco mais ao nível do polimento e que fosse desta que a central de programas pudesse ter uma facelift, no entanto não se pode dizer que não foram introduzidas algumas aplicações que são de extrema relevância, para que os utilizadores típicos da Mint continuem a apostar na mesma.


Na Mint 15 Mate que estamos agora a focar-nos, o bom trabalho que já tinha sido feito na 14 é ainda melhorado com a Mate , com uma nova versão a 1.6, a estabilidade , os poucos recursos consumidos e a facilidade de customização são só alguns dos pontos muito positivos e fortes que encontro nela ,  confesso que a opção desta aparencia por parte da Mint , demonstra claramente  como a Mint soube explorar esta interface , dando um ar de modernidade que a caracteristica interface  Mate já não consegue disfarçar o peso dos anos , prolongando esta interface no tempo.

Na minha modesta  opinião a Mint Mate é  a que mais resulta de todas as distribuições que conheço , e que usam a mesma interface gráfica , nesta forma dos menus nos serem apresentados quando solicitamos o lançador é moderno e muito bem conseguido , cheia de novos recursos que visam facilitar a experiencia computacional esta é uma distribuição extremamente poupada nos recursos que consome quer de Ram quer do CPU tal como foi demonstrado no Vídeo , aliás posso vos dizer que foi mesmo a que apresentou o menor indice de recursos das últimas distribuições que testei nos últimos 7 mêses e foram muitas , mesmo o Bhodi que como sabem nem interface gráfica tem , o que sem dúvida é de louvar e significa que esta é uma distribuição a considerar para o seu PC que entretanto já estava na arrecadação porque já não corria nenhum SO moderno da Microsoft , desta forma pode dar uma nova vida ao PC e até quem sabe encontrar um novo distinatário(a) .

Ainda não temos data para a versão final , assim como não tinhamos para esta RC1 , mas pelo estadio de desenvolvimento não me espantava que já não exista uma RC2 e que se passe logo para a versão final , esperemos que seja breve para que os fãs desta distribuição possam vir a usufruir de novos recursos estruturais que não se ficam pelas aplicações.

Espero que o vídeo de quase  1 hora não os dissuada de o visionarem , como sempre fico à vossa disposição para dúvidas ou sugestões que queiram me fazer.


Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *