Relatório da Anatel revela que qualidade da banda larga fixa está dentro da meta Internet, Notícias

Relatório da Anatel revela que qualidade da banda larga fixa está dentro da meta


A Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) divulgou nesta última sexta-feira (21) um novo relatório sobre a qualidade da banda larga fixa em Minas Gerais, Paraná, Rio de Janeiro e São Paulo. De acordo com as medições, todas as empresas avaliadas alcançaram as metas estabelecidas para os indicadores de velocidade instantânea e velocidade média durante o mês de maio.

As metas que regulam a velocidade instantânea obrigam as empresas a garantir, no momento da conexão do cliente e em pelo menos 95% dos casos, velocidade equivalente a 20% da contratada. E, de acordo com o relatório, todas as empresas alcançaram esta meta, sendo a Oi do Paraná a empresa que obteve o pior desempenho, garantindo 20% da velocidade contratada em 97,09% dos casos. Já a GVT do Rio de Janeiro e a NET de Minas Gerais foram as únicas a garantir os 20% da velocidade contratada em 100% dos casos.

Acompanhe os resultados detalhados a partir do mapa a seguir:

Desempenho das operadoras para o indicador de velocidade instantânea

Desempenho das operadoras para o indicador de velocidade instantânea (Foto: Reprodução/Anatel)

Já, as metas que regulam a velocidade média obrigam as empresas a garantir que a velocidade média aferida durante o mês atinja no mínimo 60% da velocidade contratada. E, de acordo com os dados coletados, a Oi do Rio de Janeiro foi a empresa que obteve o pior desempenho, alcançando uma média de 80,5% da velocidade contratada durante o mês de maio. Os melhores desempenhos ficam por conta da NET de São Paulo e do Paraná, que alcançaram a média de 101,59% e 100,12% da velocidade contratada, respectivamente.

Acompanhe os resultados registrados no mapa a seguir:

Desempenho das operadoras para o indicador de velocidade média

Desempenho das operadoras para o indicador de velocidade média (Foto: Reprodução/Anatel)

O projeto de medição da qualidade da banda larga pretende reunir informações a fim de adotar medidas que permitam a melhoria progressiva da qualidade do serviço. Para isso, são coletados dados registrados pelos medidores (whiteboxes) instalados nos domicílios de voluntários que se inscreveram por meio do site www.brasilbandalarga.com.br.


Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *