Gadgets, Mobile, Notícias

Nokia 207 e 208, Dual-sim e 3G a baixo custo


Os Smartphones parecem estar a ganhar popularidade e tracção junto dos mercados mais desenvolvidos. Contudo, existe ainda vários mercados em vias de desenvolvimento que por fraco poder económico dificilmente podem aspirar a ter por exemplo um Galaxy S4. A Nokia está a atenta a este segmento de mercado, e lança agora o 207 e 208. São mais dois argumentos para uma oferta bastante competitiva neste mercado.

O novos Nokia 207 e 208 foram concebidos para oferecer acesso rápido à Internet em um pacote versátil. Eles fornecem uma construção de qualidade aceitável, e um conjunto de funcionalidades que embora não sejam de “topo”, começam a ser norma em telefones contemporâneos. O design dos mesmos não é inovador, mas as cores escolhidas são vivas e típicas da tendência que a Nokia está a adoptar em toda a sua oferta de smartphones.

Em termos práticos o que diferencia este telemóvel dos mais económicos do mundo, é segundo a Nokia o facto de serem os primeiros telemóveis com acesso a redes sociais e uma boa experiência multimídia, suportada por uma conectividade 3G.

img_nokia_207_208_02

Os dois modelos contam com as seguintes especificações técnicas:

  • Rede: GSM 850/900/1800/1900 WCDMA 850 ou 900/1900 ou 2100 *
  • Tamanho / Peso: 114,2 x 50,9 x 12,8 milímetros / 89.63g (Nokia 207); 90.59g (Nokia 208)
  • Display: 2.4 “QVGA
  • Bateria: 1020mAh
  • Câmera: 1.3 MP (Nokia 208)
  • Conectividade: Bluetooth 3.0 , micro USB, 3,5 milímetros conector AV, suporte AHJ para auscultadores, Fácil Troca de Dual SIM (Nokia 208 Dual SIM)
  • Memória: até 256 MB de flash, cartão SD com suporte para até 32GB

Como se pode ver acima a diferença entre o Nokia 207 e 208 é quase imperceptível. As diferenças entre eles resumem-se ao facto do Nokia 208 ter uma câmara com recursos inteligentes como auto-retrato, captura sequencial de fotografias orientada por voz e modo de panorama, e vem em dois modelos (Dual-SIM e SIM único), O Nokia 207 apenas suporta um único SIM e não possui nenhuma câmara.

O Suporte completo de HSPA 3.5G oferece acesso rápido aos serviços on-line, através do Nokia Xpress Browser e permite streaming de vídeo através de acesso ao YouTube. As principais redes sociais e serviços de chat como o Twitter, Facebook e WhatsApp são pré-instalados, enquanto milhares de outras aplicações estão disponíveis na Loja Nokia.

img_nokia_207_208_03

Excepcionalmente nessa faixa de preço, o suporte no Mail para Exchange é totalmente garantido para que o seu calendário e contatos estejam sincronizados, o que significa que os telefones estão prontos para o trabalho, bem como actividades sociais. O telefone também oferece suporte para partilha da conexão com a Internet, permitindo que possa usá-lo como um modem USB ao lado de um computador portátil. Principalmente quando se encontra longe da sua casa e sem banda larga ou WiFi, esta é uma maneira infalível para voltar online, de forma rápida.

Estes telefones podem se apresentar também como uma boa escolha para o seu dispositivo secundário, devido ao facto de suportarem cartões micro SIM. Por isso, em certas alturas pode ser-lhe útil colocar o cartão SIM do seu smartphone no seu Nokia 207 ou Nokia 208. Por último, mas não menos importante a autonomia é um factor diferenciador nestes equipamentos. A Nokia menciona que a variante de SIM único, suporta mais de um mês de autonomia em standby, enquanto o tempo em conversação pode chegar até 12 horas numa conexão 2G.

Os telefones vão estar disponíveis nas seguintes cores: vermelho, ciano, branco e preto e vão começar a ser vendidos no terceiro trimestre deste ano. Antes de impostos locais e subsídios das operadoras, cada um é previsto ser vendido por cerca de 68 dólares (153 reais ou 54 euros).

Fonte: Nokia Conversations.


1 comentário em Nokia 207 e 208, Dual-sim e 3G a baixo custo

  1. Carlos Costa

    Bom dia,
    Aquela que já foi a líder deste mercado tem vindo a perder terreno para a Apple e Android. A aposta no desenvolvimento de produtos de gama baixa e com foco nos países emergentes pode ser a saída para a Nokia.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *