Notícias

Apple expande programa de retoma de carregadores piratas por oficiais em 30 Países



No passado dia 6 de Agosto a Apple anunciou no seu site oficial uma campanha com o objectivo de incentivar os seus clientes a trocarem os seus carregadores piratas por carregadores originais.

A campanha, mais conhecida por USB Powe Adapter TakeBack Program, trata-se de uma resposta da Apple  aos últimos acontecimentos em que uma comissária de bordo na China faleceu ao carregar o seu Iphone, bem como um homem também da China que entrou em coma pelo mesmo motivo. Segundo as investigações a empresa culpa os carregadores piratas pelo ocorrido.

Deste modo e a pensar exclusivamente na segurança dos seus clientes, a Apple resolveu criar este programa que funciona do seguinte modo: O cliente deverá levar o seu carregador pirata a uma loja autorizada da Apple e mediante o pagamento de US $10, o mesmo poderá trocar o carregador pirata por um carregador da marca, totalmente confiável.
Originalmente este programa só se encontrava disponível nos EUA e na China. No entanto, seis dias mais tarde a Apple expandiu o programa para clientes no Japão, Canadá, Austrália, França, Alemanha e Reino Unido.

Hoje a Apple expandiu o programa a uma escala global, oferecendo o programa de devolução para clientes na Áustria, Bélgica, República Checa, Dinamarca, Finlândia, Hong Kong, Hungria, Irlanda, Itália, Coreia, México, Países Baixos, Nova Zelândia, Noruega, Polónia, Portugal, Espanha, Suécia, Suíça e Taiwan.

Para saber mais sobre os requisitos oficiais em sua localidade, confira a página do programa de retoma de carregadores de energia USB da Apple.


Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *