ecologia e sustentabilidade Sustentabilidade

Comportamentos indispensáveis para sustentabilidade



Portugal tem assistido a vários incêndios nos últimos tempos, mesmo enquanto escrevo estas linhas labaredas consomem as nossas matas levando com elas parte do pulmão desta nação, vidas, casas, sustentos, sonhos e esperança. Por isso decidi falar sobre comportamentos indispensáveis para sustentabilidade!

E o que são afinal comportamentos sutentáveis?

Ações que garantem o desenvolvimento, acções que têm como objectivo a preservação do meio ambiente e que buscam medidas realistas para os diferentes sectores de actividade humana.

Estas acções visam o uso INTELIGENTE dos recursos naturais e da manutenção das condições de vida para todas as espécies, incluindo a nossa.

Encontramos nas florestas, matas, rios, lagos, oceanos e na própria terra as tão faladas energias renováveis que permitem a substituição do petróleo (e outros combustíveis fósseis) enquanto combustível e matéria prima. Tal como o nome diz existem alternativas RENOVÁVEIS, ou seja, podemos usá-las sempre! Elas não esgotam o planeta e não se esgotam com o seu uso.

ALGUMAS COISAS QUE PODEMOS FAZER

ecologia-sustentabilidadePreferir a agricultura orgânica, ou seja, a que não usa químicos pois promove a preservação da água e do solo por não os contaminar;

Reciclar os resíduos sólidos;

Reutilizar ou reciclar o que já não quer! Pode doar a quem precisa, reciclar ou ainda vender;

Explorar o gás libertado em aterros sanitários como fonte de energia;

Controlar o consumo da água;

Colocar o lixo nos depósitos para o efeitos contrariamente a atirá-lo para o chão, matas, rios, mar;

Cuidar e respeitar a natureza;

Viver mais frugalmente do ponto de vista do consumo;

Estar alerta para os acidentes ecológicos alertando atempadamente para situações de risco;

Perguntar-se o que pode fazer melhor e ter a coragem de alterar comportamentos melhorando-os;

INFORMAR-SE E FORMAR-SE continuamente, sempre e cada vez mais! O conhecimento aumenta a consciência e esta por sua vez promove a responsabilidade cívica e o olhar crítico.

Fácil, verdade?!


Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *