Curiosity - vida em Marte Ciência

“Curiosity” analisa níveis de metano em Marte, é menos provável encontrar vida



Tendo chegado ao solo de Marte em agosto de 2012 e ter fornecido indicativos de que existiu num passado distante vida microbiológica em Marte, o “Curiosity” revelou uma análise da atmosfera marciana que indicou níveis extremamente baixos de metano.

Depois de em março de 2013 investigadores terem anunciado a presença de uma gigante nuvem de metano, que seria um suposto indicio da existência de micro organismos vivos na superfície de Marte, com estas novas informações essa hipótese é praticamente refutada.

Segundo os cientistas, o baixo nível de metano encontrado na atmosfera reduz drasticamente as possibilidades do solo de Marte conter micróbios vivos ou fósseis orgânicos que poderiam produzir esse gás.

 


Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *