Mobile

Amazon está a trabalhar com a HTC em novos smartphones



Segundo rumores um smartphone Kindle vai suceder aos tablets Kindle de terceira geração embora a altura em que vai chegar ao mercado é incerta. Contudo, o rumor afirma que a HTC está a colaborar com a Amazon na concepção deste smartphone.

A Amazon e HTC encontram-se a desenvolver em conjunto três smartphones, já num estágio avançado de desenvolvimento, de acordo com uma notícia avançada pelo Financial Times. Rumores que foram saindo ao longo do tempo indicam que não só a Amazon está interessada em comercializar um (ou mais) Kindle Smartphone, mas o lançamento do mesmo tem sido adiado devido a agendas internas da empresa.

A Amazon não quis comentar esta notícia junto da comunicação social e apenas acrescentou que não tinha planos para lançar um smartphone este ano. A gigante do comércio electrónico também já desmentiu outros rumores que davam conta de ter planos em oferecer um smartphone completamente subsidiado (gratuito), como algumas fontes de informação especulavam.

Ben Ho, o responsável de marketing da Amazon, refere ao Financial Times que a empresa está aberta ao co-branding (utilização da sua marca associada a um produto não fabricado pela mesma) e a colaborar com outras empresas de tecnologia. Um grande problema para a Amazon é a altura relativamente tarde que chega ao mercado de smartphone. A empresa contudo pode beneficiar de integrar os smartphones futuros com a venda de produtos e serviços da Amazon.com.

img_facebookphone_02

Por outro lado, lembramos que até agora este tipo de parcerias não têm tido grande aceitação por parte do público. O smartphone HTC First, anunciado a par do gestor de home para android Facebook Home, no início de 2013 não vendeu bem. Aliás, a HTC teve uma perda líquida de US $ 101 milhões no terceiro trimestre deste ano, a primeira perda desde que os capitais da empresa foram tornados públicos em 2002. Já em 2011 a HTC lançou o Salsa e o ChaCha dois smartphones com uma tecla dedicada ao Facebook. Contudo a receptividade destes modelos ficou também aquém do esperado.

O anterior background da HTC pode indicar que a empresa sediada em Taiwan pode não ser um parceiro ideal para a Amazon entrar num novo mercado (embora a experiência da HTC seja irrepreensível). Fontes anónimas já tinham referido no início de Outubro que a Amazon estava a trabalhar em dois smartphones , incluindo um com capacidade ​​eye-tracking. Estes novos dados sugerem que onde há fumo, parece que vai haver fogo.


Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *