Menina-Digital-AO_02 Menina Digital

Quem diria: a Granta Portugal veio mesmo para ficar!



O Nº 2 da Granta Portugal leva um título bastante sugestivo para a fase peculiar que esta humilde leitora [e descaradamente fã!] está vivenciando neste planeta: PODER. E que PODEROSA está esta edição, senhoras e senhores! Autores emblemáticos e intemporais [Agualusa, Drummond, dentre outros renomeados escritores], ilustrações inconfundíveis do Afonso Cruz e um ensaio fotográfico brilhante do João Pina, que teve uma capacidade ímpar de retratar com maestria “os filhos da revolução” na capital paulista, durante um dos muitos protesto populares que recentemente varreram o Brasil, do Oiapoque ao Chuí. E toda a gente sabe que Sampa não é menina que faz pose para qualquer um. É preciso antes cortejá-la, para o caso de quem, pacientemente, tenta captar “a dura poesia concreta de suas esquinas”.

Não bastasse tudo isso para deixar o leitor vidrado, página após página, já sedento pela próxima edição [que só vamos ter notícias daqui a cerca de 3 meses, claro!], a equipe da versão lusitana da Granta teve o cuidado de enviar uma carta de agradecimento aos seus assinantes. Segundo consta, o projeto teve início com o compromisso de produzir apenas quatro edições nas terras de Camões [a revista estava sujeita a uma avaliação posterior]. Contudo, e passo a citar o diretor da publicação, Carlos Vaz Marques, “depois do extraordinário acolhimento do primeiro número, podemos anunciar agora que a Granta vai continuar para lá do quarto volume”.

Para selar parceria de sucesso entre a Granta Portugal e os seus leitores/assinantes, o envelope pardo que a cada três meses é responsável por PODEROSAS doses de alegria para esta menina tupiniquim, trouxe desta feita uma dose extra: vou experimentar, em breve, a portentosa escrita de Jaume Cabré, através das páginas do premiado romance “Sua Senhoria”.
O que posso lhes garantir, caros leitores do TecheNet, é que se a Granta Portugal continua a me deixar assim tão “mal acostumada”, tratarei de tornar a minha assinatura vitalícia, passando de geração para geração. E tenho dito!

E se após ler este rápido relato a sua curiosidade acerca da publicação foi despertada, não há tempo a perder: trate já de garantir a sua Granta Portugal aqui. As encomendas podem ser feitas on-line, de forma rápida e fácil, esteja você deste ou do outro lado do Atlântico. Boas leituras!

CAssis, a Menina Digital


Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *