Nokia Microsoft Mobile, Notícias

Vendas da Nokia disparam nos Estados Unidos


Ora aqui está uma boa notícia para a Microsoft. A venda de smartphones da Nokia disparou nos Estados Unidos. Nada mais nada menos do que um aumento de 367 por cento relativamente ao ano passado.

O construtor finlandês que vai passar para as mãos da empresa fundada por Bill Gates viu o volume de vendas de dispositivos nos Estados Unidos ter um aumento de mais de 350 por cento, conseguindo no terceiro trimestre deste ano vender 1,4 milhões de unidades. Este número é verdadeiramente significativo se se tiver em conta que no segundo trimestre as vendas não ultrapassaram as 500.000 unidades.

Os números do terceiro trimestre do ano devem ter tido direito ao abrir de garrafas de champanhe na filial norte-americana da Nokia. Depois de um começo do ano com 400.000 unidades vendidas, o segundo trimestre conseguiu um ligeiro aumento com 500.000. E agora chegam os números que impressionam: 1,4 milhões de unidades compradas nos Estados Unidos.

Este parece ser um dado seguro do sucesso da gama Lumia, que consegue finalmente resultados interessantes num dos principais mercados mundiais. A Nokia ainda está longe dos gigantes que dominam o mercado, nomeadamente da Samsung e da Apple, mas os números agora anunciados configuram uma posição de partida muito interessante numa altura em que a divisão mobile da Nokia foi comprada pela Microsoft – negócio que se deverá efetivar em junho do próximo ano.

Esta é, pois, uma grande notícia para a Microsoft. Com os consumidores norte-americanos a olhar pela primeira vez para os dispositivos Nokia com Windows Phone como uma alternativa válida aos smartphone com Android e iOS, este pode ser o ano da afirmação do sistema operativo/operacional da Microsoft.

E é bem possível que os números se tornem ainda mais entusiasmantes com a chegada ao mercado do primeiro tablet com a chancela da Nokia. A ver vamos como se comportam as vendas por alturas do Natal, num momento em que os principais competidos têm no iPhone 5S e no Galaxy Note3 as suas principais armas.


Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *