Twitch SDK dispositivos móveis Mobile

Twitch trabalha em serviço streaming para jogos em smartphones


Twitch é o nº 1 dos serviços de streaming dedicados a jogos que, vem já integrado na Playstation 4 e receberá uma aplicação nativa para a Xbox One muito brevemente. Para além de ser também um serviço bastante popular de forma independente, o Twitch nunca conseguiu alcançar grande sucesso nos jogos de dispositivos móveis.

Apesar de ter sido afirmado por muita gente que os jogos para dispositivos móveis iriam “matar” os tradicionais video jogos, essa ainda não é uma realidade, apesar do grande crescimento da sua popularidade e qualidade. A equipa da Twitch tem noção deste grande crescimento e por isso mesmo encontra-se a trabalhar num pacote SDK que irá possibilitar aos desenvolvedores oferecerem a possibilidade dos utilizadores não só visualizarem streaming de jogos, mas também transmitir qualquer jogo que se encontrem a jogar nos seus dispositivos móveis.

Ainda não existe qualquer linha temporal oficial para o lançamento deste pacote SDK, mas a Twitch já anunciou quais as principais funcionalidades previstas para este projecto:

  • Habilidade de gravar e transmitir qualquer “gameplay” (vídeo e audio).
  • Capturar vídeo através da câmara frontal do dispositivo.
  • Gravação de audio utilizando o microfone interno ou um microfone externo.
  • Os vídeos poderão ser arquivados para visualizações imediatas no Twitch e ser depois carregados para partilhas.
  • A qualidade das transmissões poderá ser alterada entre: alta, média e baixa.
  • Várias opções de conversação, incluindo emoticons e várias cores.
  • Pesquisa simplificada de transmissões relacionadas de outros jogadores.

twitch2

Parece que este projecto para dispositivos móveis irá ser apresentado de forma bastante semelhante à já presente nas consolas de jogos e computadores. Esta será uma ferramenta bastante interessante não só para “gamers”, mas também para entusiastas do mundo Android, tornando muito mais fácil a realização de “vídeo reviews” de jogos e afins.


Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *