Samsung Galaxy S5 Prime alumínio Mobile

Rumor: Galaxy S5 Prime com ecrã 2K e estrutura em alumínio chega nas próximas semanas


O novo topo de gama da Samsung foi lançado à apenas algumas semanas em todo o mundo e já existem novos rumores a indicar que a gigante sul coreana se está já a preparar para o lançamento do “Galaxy S5 Prime” com estrutura em alumínio e um super detalhado ecrã 2K.

No início do ano, antes da Samsung ter realizado a apresentação do Galaxy S5 durante a Mobile World Congress em Barcelona, fontes da SamMobile afirmavam que iria ser lançado um Galaxy S5 com um ecrã 1080p e especificações “menos potentes” antes do lançamento da verdadeira versão topo de gama com uma construção premium e um ecrã com resolução 2K.

Depois da sua apresentação ficou bastante claro que o Galaxy S5 lançado no mercado não é certamente um smartphone com especificações que deixam de surpreender, mas também é certo que muitos utilizadores ficaram bastante surpreendidos quando foi anunciado que não teria um ecrã com resolução 2K.

Um novo Samsung “Galaxy S5 Prime” com código de modelo SM-G906 foi visto numa base de dados logística na Índia e fontes próximas afirmaram que o seu lançamento estaria apenas a algumas semanas de distância. Esta nova edição premium do Galaxy S5 é esperada com um ecrã de 5.2 polegadas (resolução 2K), processador Snapdragon 805 (2.5GHz), processador gráfico Adreno 420, 3GB de memória RAM, 32GB de memória interna, câmara de 16 megapixels e Android 4.4.2 KitKat.

Samsung Galaxy S5

Estas especificações só por si já revelam um dispositivo substancialmente melhor do ponto de vista de performance. Caso seja confirmada a informação que aponta para uma estrutura em alumínio, podemos então confirmar que este será um upgrade bastante interessante do mais recente smartphone da Samsung.

Se o novo Galaxy S5 Prime for mesmo lançado durante as próximas semanas a Samsung irá certamente necessitar de fazer alguma coisa para amenizar a “fúria” de milhares de utilizadores que gastaram centenas de euros no GS5, para vê-lo ser ultrapassado por uma nova versão apenas algumas semanas depois.

 


Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *