Ciência

Jovem de 19 anos cria tecnologia capaz de despoluir o Oceano Pacífico em 10 anos


Com apenas 19 anos, Boyan Slat encabeça um plano ambicioso com apoio de mais de 100 pesquisadores, cientistas e ambientalistas: o jovem holandês criou a Ocean Cleanup, uma tecnologia capaz de despoluir o Oceano Pacífico em apenas uma década.

A barreira flutuante criada por Slat tira proveito das correntes oceânicas para bloquear os resíduos encontrados no mar. Na fase de testes com um protótipo, o sistema foi capaz de coletar plásticos em até três metros de profundidade, além de recolher pequenas quantidades de zooplâncton, facilitando o reaproveitamento e a reciclagem do material. Estima-se que o sistema remova 65 metros cúbicos de lixo por dia.

O jovem cientista revela que teve a ideia há alguns anos, ao praticar mergulho na Grécia, quando teve a oportunidade de ver mais garrafas de plástico do que peixes debaixo d’água. Desde então, Slat não parou: desenvolveu a tecnologia, montou um website com todas as especificações, realizou um estudo de viabilidade do projeto, além de ter produzido uma campanha para financiar a sua ideia.

A primeira apresentação da ideia aconteceu há dois anos, em um TEDx na Holanda. Como a resposta ao seu projeto não foi tão positiva quanto esperava, o jovem de 19 anos juntou-se a uma equipe de pesquisadores e juntos prepararam um relatório com 530 páginas, justificando a viabilidade do projeto.

O próximo passo é testar o sistema em larga escala e aumentar a sua produção. Com o objetivo de angariar 2 milhões de dólares em 100 dias, Boyan Slat busca financiamento coletivo (já conseguiu 30% da meta em 14 dias).

Interessados em apoiar a causa?! Saiba mais no vídeo abaixo sobre o projeto Ocean Cleanup:

Via InfoOnline


Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.