Horácio Pina Prata e Daniel Ettlin aquando da assinatura do Memorando de Entendimento para a criação do IDQ Notícias

Coimbra ganha Centro de Investigação de Perfil Internacional



O Memorando de Entendimento,  para a criação de um Centro de Investigação, Demonstração e Qualificação Química e Ambiental, foi  assinado no passado dia 29 de julho no Pólo Tecnológico de Coimbra. O projeto, designado por IDQ, junta numa parceria estratégica a ÆMITEQ e a multinacional americana UNICAM, empresa centrada na distribuição e manutenção de sistemas de instrumentação analítica de alta tecnologia. O Memorando foi assinado pelo Presidente da ÆMITEQ , Horácio Pina Prata e pelo Director Geral da UNICAM em Portugal Daniel Ettlin.

Apostando claramente na Qualidade e excelência a ÆMITEQ, organização do sistema cientifico-tecnológico, à 24 anos a trabalhar a partir de Coimbra no controlo químico de matérias-primas e produtos, na análise de resíduos industriais e urbanos e no controlo da qualidade da água, quer estimular projetos de investigação e de cooperação técnica entre as universidades, politécnicos, entidades do sistema cientifico e tecnológico e as empresas. A implementação conjunta deste Centro de Investigação (IDQ) visa ainda a prestação de serviços à comunidade, capitalizando os recursos existentes nas duas Instituições.

Focada na internalização de competências e na especialização dos mercados, a nova Direção da ÆMITEQ, liderada por Horácio Pina Prata, “pretende desenvolver soluções chave-na-mão para a resolução de problemas nos sectores da química, água e ambiente”. A aposta com a criação deste Centro de Investigação (IDQ)  vem procurar claramente o “desenvolvimento da cooperação e internacionalização  de sectores de ponta e de inovação  potenciando o desenvolvimento regional e nacional”.

Segundo Daniel Ettlin, Diretor  da UNICAM em Portugal, o projeto IDQ resulta de uma vontade conjunta de levar ao mercado uma oferta técnica e tecnológica que incorpore toda uma nova consciência ambiental que deve estar subjacente aos novos produtos e serviços das empresas. Ambas as entidades assumiram o compromisso de passarem o projeto à fase de implementação, procurando agora fortalecer a rede de parcerias institucionais que irão dar corpo ao IDQ.

Os projetos a desenvolver pela nova unidade estão relacionados com as áreas prioritárias mencionadas na estratégia Horizonte 2020. Pretende-se que 80% da investigação a produzir seja aplicada com um efetivo retorno para as empresas e a comunidade, abrangendo as mais diversas áreas do conhecimento e envolvendo as entidades aderentes num perfil de crescimento conjunto com o IDQ.


Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *