facebook-falha-segurança-security-fail-techenet-cassis Redes sociais

Facebook Messenger: 10 termos de uso… de dar medo!


Para quem deseja continuar a falar com os amigos do Facebook a partir dos dispositivos móveis, será obrigatório fazer download da aplicação Facebook Messenger. Como já noticiados há dias, alguns utilizadores já foram notificados sobre a mudança ao tentar utilizar a opção de mensagens na aplicação móvel da rede social. Entretanto, o que bem pouca gente sabe é o quão “invasivas” são as permissões dadas pelo utilizador em troca do direito de usar a aplicação de forma “gratuita”.

Publicada ainda no ano passado pelo Huffington Post, a lista abaixo aponta até onde vão as possibilidades da app, embora nem todas essas permissões sejam efetivamente utilizadas.

Confira algumas solicitações invasivas do Facebook Messenger:

1. Permissão para alterar o estado de conectividade de rede;
2. Permissão para fazer ligações sem intervenção do utilizador, possivelmente causando cobranças adicionais sem necessidade de confirmação;
3. Permissão para envio de mensagens SMS sem necessidade de intervenção ou confirmação;
4. Permissão para gravação de áudio com o microfone do celular sem confirmação do utilizador;
5. Permissão de uso da câmera para fazer fotos e vídeos sem a confirmação do utilizador;
6. Permissão para leitura do histórico de chamadas. Estes dados são apenas salvos, mas outras apps maliciosas podem compartilhar estas informações sem conhecimento do utilizador;
7. Permissão para ler dados sobre contatos do utilizador armazenados no telefone, para ver com que frequência se comunica com um indivíduo em específico por telefone, e-mail ou outras formas de contato;
8. Permissão para identificar o utilizador pelas informações guardadas no dispositivo móvel, com nome e informações de contato. Estes dados podem ser enviados para terceiros;
9. Permissão para acessar recursos de identificação do dispositivo móvel, possibilitando o reconhecimento até mesmo o número telefônico do utilizador;
10. Permissão para receber uma lista de contas conhecidas no telefone, incluindo quaisquer apps instaladas no aparelho.

Em sua defesa, o Facebook explica que estas permissões são padrão para qualquer aplicação de troca de mensagens (como Snapchat, Line e Skype, por exemplo). A grande “culpada” pelo susto seria a linguagem utilizada pelo Android para descrever tais permissões, visto que os desenvolvedores não podem modificá-las. Para se ter uma ideia, a “permissão para gravação de áudio com o microfone do dispositivo móvel sem confirmação do utilizador” nada mais seria que um modo de possibilitar o envio de mensagens de voz ou chamada pela internet para algum contato.

Facebook Messenger | TecheNet | a Menina Digital

Uso do Facebook Messenger será obrigatório | TecheNet | a Menina Digital

Vale observar que o Facebook Messenger não é a única aplicação a solicitar informações e permissões como estas em nome da gratuidade, assim como não significa que a app fará uso disso tudo. Contudo, é sempre bom lembrar que… ela TEM PERMISSÃO para o fazer!

Via Huffington Post


Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *