Google Gmail Notícias

Homem é preso depois do Google descobrir fotos de pornografia infantil no Gmail


Um norte-americano foi preso depois que o Google detectou imagens de abuso infantil nos seus e-mails e o denunciou às autoridades.

De acordo com a notícia avançada pelo “The Daily Post”, John Henry Skillern já é conhecido pela polícia, é um agressor sexual registado (registrado), com diversas acusações de agressão que datam de 20 anos.

As autoridades, depois de receberem a denúncia do Google, fizeram uma busca na casa de Skillern e descobriram mais imagens, vídeos e outros e-mails comprometedores, o que resultou numa acusação de posse e promoção de pornografia infantil.

O Google utiliza a tecnologia chamada “hashingque atribui um código de identificação único a cada imagem de crianças vitimas de abuso sexual. Essa tecnologia permite que os computadores sejam capazes de identificar, bloquear e remover todas as cópias de cada imagem. 

Google Search controlos de voz

A maior rede social do mundo – Facebook – também utiliza o mesmo tipo de tecnologia, com o intuito de evitar a a proliferação desse tipo de imagens

O Gmail tem centenas de milhões de utilizadores, mas, certamente, a grande maioria não sabe que o gigante da tecnologia verifica os e-mails de conteúdo criminoso.

O Google tem estado na mira dos defensores da privacidade, que o acusam de não respeitar a privacidade dos utilizadores. Neste caso podemos (e devemos) aplaudir a conduta do gigante da tecnologia, mas a verdade é que não é claro todo o tipo de informação dos seus utilizadores a que o Google tem acesso.

Fonte: The Daily Post


Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *