Tecnologia

Nova tecnologia promete corrigir problemas de visão diretamente na tela


Se você é um dos pobres mortais que sofrem com miopia, hipermetropia e astigmatismo… esta é uma notícia que merece ser lida com atenção:em parceria com a Microsoftuma nova tecnologia já está sendo desenvolvida pelo MIT (Instituto de Tecnologia de Massachusetts) e promete ajustar as telas dos gadgets utilizados na rotina diária, “desfazendo” a distorção de imagem causada pelos problemas visuais mais comuns.

Por exemplo: no caso de um míope, a tela seria capaz de alterar a imagem ao ponto de neutralizar a miopia, corrigindo-a automaticamente. Seria como colocar os óculos na tela a ser vista e não no rosto, o que pode ser interessante para quem precisa usar lentes apenas ao fazer um esforço visual maior, como ao usar o computador, ler um livro ou assistir TV.

Pesquisadores usam uma câmera e lentes para simular um olho com miopia olhando para um "E" mostrado em uma tela iPod Touch modificado

Pesquisadores usam câmera e lentes para simular olho com miopia a observar para um “E” mostrado em tela modificada de um iPod Touch.

De acordo com os pesquisadores responsáveis pelo projeto, a tecnologia utiliza um algoritmo que distorce a imagem de acordo com a prescrição oftalmológica de cada utilizador, funcionando em conjunto com um filtro de luz que é colocado na frente da tela em que será aplicada.

Ainda segundo os cientistas do MIT, que devem apresentar a descoberta em uma conferência internacional em Vancouver, no Canadá, este algoritmo seria capaz de alterar a luz em cada um dos pixels da tela. Com isso, ao passarem pelos pequeninos furos do filtro de luz, os raios luminosos chegarão à retina do observador de tal forma que será possível corrigir a distorção causada pelos olhos.

Todo este processo será algo bastante individual, adequando-se ao utilizador conforme as suas necessidades. Inicialmente, a nova tecnologia será utilizada apenas para objetos de uso pessoal, sendo que um dos principais beneficiados pela nova técnica seriam os pacientes que não conseguem tratamento através de (ou apenas de) lentes corretivas.

Vale lembrar que essa nova tecnologia dificilmente acabaria com o uso das lentes corretivas, visto que resolve a falta de “nitidez” apenas das telas luminosas e não nas demais interações visuais com o mundo. Contudo, este pode ser um importante passo dado pela ciência em prol de quem precisa ou quer usar telas e tem problemas mais sérios de visão.

 

Via Brainstorm9

 


Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *