Lisboa é a cidade mais cara que em Agosto Notícias

Portugal cresce face ao período homólogo e Lisboa é a cidade mais cara que em Agosto


O custo das dormidas nacionais inicia em Setembro a sua habitual descida sazonal, mas com um impressionante crescimento de 16% face ao período homólogo. A capital portuguesa consegue mesmo contrariar a tendência, com os preços lisboetas a aumentar 28% em relação a Agosto segundo o trivago Hotel Price Index deste mês.

Face ao mês passado, tradicionalmente o período mais caro para pernoitar em Portugal, os preços médios não sofreram uma queda muito significativa (-3%, dos 115€ para os 111€ por quarto duplo), registando um aumento assinalável em relação ao período homólogo (+16%), dos 96€ em Setembro de 2013 para os 111€ actuais.

Em Lisboa os hoteleiros conseguem aumentar os preços (+28%) face a Agosto, cifrando-se agora o custo médio por quarto duplo nos 133€. Valores superiores aos praticados em Madrid (127€), por exemplo, e que fazem deste mês o segundo mais caro de 2014 na capital portuguesa, logo a seguir a Maio, quando a final da Liga dos Campeões elevou a média por noite para os 147€.  

O Estoril também viu o preço das suas dormidas aumentar face a Agosto, ultrapassando mesmo Cascais como o destino mais caro em solo nacional. Uma noite no Estoril cifra-se em média nos 230€ (+29% em relação ao mês passado) enquanto pernoitar em Cascais custa agora 190€ em média (-11%).

trivago-Hotel-Price-Index_Setembro2014

 

O trivago Hotel Price Index (tHPI) é um estudo mensal que analisa a variação do preço médio por quarto duplo nos hotéis das principais cidades mundiais. O tHPI é um indicador preciso do mercado hoteleiro online: os valores fornecidos por mais de 175 sites de reserva e cadeias de hotéis criam o preço médio de hotel para cidades, regiões e países. O cálculo dos dados é efectuado com base nos mais de dois milhões e meio de pesquisas diárias realizadas no serviço de comparação de preços do trivago.


Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *