Google Android 5.0 Lollipop Mobile

Android 5.0 Lollipop: tudo o que precisa saber!



Ontem foi um grande dia para a Google, tendo acontecido várias apresentações muito importantes como por exemplo os dispositivos Nexus 6 e Nexus 9 mas, uma das mais esperadas era certamente o lançamento do novo Android 5.0 Lollipop.

A primeira grande diferença que irá notar assim que começar a explorar um dispositivo com o Android 5.0 Lollipop irá ser o seu visual, com a implementação da nova linguagem visual – Material Design – que apresenta blocos de cores fortes e gráficos muito mais refinados e modernos. Com a implementação deste Material Design a Google vem garantir que a flexibilidade e a harmonia visual do seu sistema operativo irá estar garantida em qualquer dispositivo que esteja a correr o Android 5.0, seja ele um smartphone, tablet, smartwatch ou smartTV.

Logo de seguida, irá certamente reparar nas modificações implementadas na barra de notificações e também nas quick settings, que recentemente passaram a ser conhecidas como “heads up notifications”. No novo Android Lollipop não foi apenas o visual que sofreu alterações, as novas funcionalidades poderão ser encontradas até no ecrã de bloqueio.

android-lollipop-3-543x420

As novas “Priority settings” estão agora acessíveis através dos botões de volume e permitem bloquear temporariamente determinadas notificações de uma pessoa especifica durante um intervalo de tempo. Em suma, o sistema Android ganhou finalmente a sua própria funcionalidade “Não perturbar/Bloquear”. Para os utilizadores que esperavam poder personalizar as Quick settings”, ainda não é possível mas, a Google acrescentou algumas novas opções como por exemplo a lanterna e o hotspot.

Tal como seria de esperar, com esta nova versão do sistema Android chegaram muito mais novidades do que apenas mudanças visuais, na área de funcionalidades e melhoria de performance irá poder encontrar também diversas novidades.

Uma das novidades que poderá encontrar foi muito falada durante os últimos tempos e é a mudança para ART – o novo Android Runtime – sendo esta a única opção disponível. O Android 5.0 Lollipop é também a primeira versão do Android que irá começar a tirar proveito das capacidades 64-bit dos processadores e será certamente demonstrado com o novo processador 64-bit Tegra K1 Denver presente no Nexus 6.

O suporte para a Android TV foi também implementado, vindo assim complementar o lançamento do novo Nexus Player que irá acontecer durante esta semana. Com o novo Lollipop vai também poder experiênciar as melhorias aplicadas no tempo de vida da bateria do seu dispositivo, melhorando a sua eficiência e duração.

android-lollipop-2-600x217 (1)

A segurança nos dispositivos móveis e em plataformas cloud tem vindo a ser dos assuntos mais falados nas comunidades online e tornou-se uma das maiores preocupações das companhias e utilizadores. Por isso mesmo, a Google não poderia deixar passar ao lado este assunto e começou por tornar mandatória a utilização do SELinux em todas as aplicações, o que poderá (ou não) vir a causar algumas dificuldades com utilizadores que pretendam utilizar ROMs personalizadas.

A encriptação do dispositivo estará agora activa por definição para todos os dispositivos que vierem equipados com o Android 5.0 de fábrica, sendo esta mais uma das novidades de segurança que poderão trazer alguns problemas aos developers de ROMs personalizadas.

Uma funcionalidade que até hoje apenas estaria presente nos novos smartphones da Motorola chega também nesta nova versão do Android, a palavra-chave OK Google” poderá agora ser utilizada mesmo que o ecrã do dispositivo esteja desligado. Esta funcionalidade irá apenas funcionar em dispositivos que tenham um hardware especifico, como por exemplo o Nexus 6 e o Nexus 9.

O Android 5.0 Lollipop irá vir incluído nos novos Nexus 6 e Nexus 9, sendo disponibilizado mais tarde também para outros terminais Nexus ou edições Google Play de outros smartphones. Os restantes dispositivos que poderão vir a receber esta actualização estarão totalmente à responsabilidade das suas fabricantes, tanto na sua disponibilidade como em quais os dispositivos a receber a actualização.


Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *