Intel acelera a transição para a nuvem Tecnologia

Os benefícios do armazenamento em nuvem e da sincronização de dados



Uma das principais características da tecnologia é a capacidade que ela tem de nos surpreender cada vez mais, sem parar. Quando criados, os computadores ocupavam salas e prédios inteiros, mas hoje uma máquina muito mais poderosa do que a dos tempos mais remotos, com uma infinidade de recursos, cabe no bolso da sua camisa.

Quando todos acharam que os notebooks seriam a invenção do milênio, os gênios surgiram com os smartphones e tablets, compactando ainda mais a tecnologia, adicionando mais recursos, colocando um computador, uma câmera, uma filmadora, um caderno, tudo o que você pode precisar, dentro do seu bolso.

Hoje em dia, todos os dispositivos se conectam e conversam entre si: o seu computador, o seu telefone pessoal, o seu telefone corporativo, o seu tablet, interagem entre si e com os demais dispositivos ao seu redor – da sua família, da sua empresa, de um estranho na rua. Tudo é feito sem fio – tudo está interligado.

Ainda não sabemos até onde os gênios da tecnologia chegarão e é certo que eles sempre podem (e vão) nos surpreender, mas dizem que a bomba da tecnologia hoje é o armazenamento em nuvem. Você pode até não saber do que se trata, mas com certeza já usou.

O que é o armazenamento em nuvem?

armazenamento em nuvemCom o armazenamento em nuvem (cloud storing), os seus arquivos não são salvos no seu dispositivo, mas em um servidor online, tornando-os acessíveis em qualquer lugar. Chega de escrever um trabalho no computador de casa e não conseguir apresentá-lo por “esquecer de colocá-lo no pendrive”; chega de salvar um relatório pela metade no computador da empresa e não conseguir terminá-lo em casa porque “não encaminhei por e-mail”. A computação em nuvem acabou com tudo isso. Tudo está acessível.

Com o advento dos smartphones, que nada mais são do que poderosos computadores reduzidos ao tamanho de um telefone celular, a computação em nuvem ganhou outra dimensão. Quase tudo que você faz no seu telefone, seja pessoal ou corporativo, fica salvo na nuvem, de modo que quando você efetuar login em outro dispositivo – como no computador físico ou num tablet – tudo estará disponível. É como se você sequer trocasse de dispositivo!

A tecnologia de nuvem não diz respeito apenas ao armazenamento de dados, possibilitando, por exemplo, a colaboração em tempo real de várias pessoas em um mesmo documento – mas cada uma com o seu próprio dispositivo.

A sincronização faz a mágica, mas todo cuidado é pouco

Tudo isso acontece graças à sincronização, que se encarrega de, obviamente, sincronizar os dados entre um dispositivo e outro. Quando, por exemplo, você efetua login em uma rede social pelo seu smartphone, ele poderá sincronizar os contatos dessa rede com os seus contatos do telefone; quando você efetua login no seu e-mail pelo seu smartphone, ele poderá sincronizar a caixa de entrada e tornar os seus e-mails disponíveis ao alcance do aparelho.

Apesar da praticidade desse sistema, é importante tomar uma série de cuidados, não muito diferentes dos cuidados necessários para um “cotidiano” na Internet. O fato de tudo estar disponível a qualquer hora e lugar pode se tornar perigoso, ainda mais se levarmos em consideração os recentes casos de vazamentos de informações governamentais e fotos íntimas de diversas pessoas na Internet.

Assim, é fundamental se certificar de que você só está carregando na nuvem o que realmente é necessário e que o seu dispositivo possui recursos de segurança, como dados criptografados, senhas complexas e antivírus atualizado.


1 comentário em Os benefícios do armazenamento em nuvem e da sincronização de dados

  1. Mauricio Borges

    Cara, sempre tive um receio brabo de compartilhar as coisas na nesses esquemas de nuvem, mas ainda assim eu uso o dropbox pq confio…Só tive problema uma vez no MegaUpload que baixei um arquivo danificado ou formato exe, sei lá…mas foi de boa pq tinha um antivírus maneiro no computador, o PSafe e na hora apareceu a notificação avisando…Sorte total…

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *