Tecnologia de reconhecimento de impressões digitais da NEC premiada no teste da NIST Segurança

Hackers afirmam que conseguem copiar impressões digitais de fotografias



A identificação de impressões digitais através de marcas deixadas em superfícies físicas já é possível à mais de 100 anos. Hackers vêm agora afirmar que conseguiram criar um método que lhes permite copiar impressões digitais através de fotografias.

De acordo com o Chaos Computer Club, o mesmo grupo que afirma ter hackeado o Touch ID da Apple no ano passado, é possível criar uma réplica digital de impressões digitais utilizando apenas uma fotografia e software que é actualmente comercializado.

Tudo o que necessita é uma máquina fotográfica vulgar para capturar algumas fotografias e depois analisar as mesmas com um software chamado VeriFinger para replicar as impressões digitais em questão.

Os hackers afirmaram que foram capazes de replicar as impressões digitais de Ursula Von Der Leyen – ministra da defesa alemã – utilizando apenas uma fotografia do seu polegar capturada durante uma conferência de imprensa em Outubro.

Especialistas afirmaram já que este processo de replicar impressões digitais é extremamente complexo e demorado, acrescentando ainda que conseguir várias fotografias com zoom suficiente do polegar de alguém é extremamente difícil.

É claro que nenhum sistema de segurança é perfeito mas, tem sido cada vez mais vulgar empresas utilizarem o reconhecimento de impressões digitais para aumentar a segurança dos seus serviços, como por exemplo o serviço Apple Pay.


Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *