whatsapp-techenet-cassis Redes sociais

WhatsApp: já é possível usar a app a partir do seu computador


Há temos que rumores no mundo das novas tecnologias apontam para que, em breve, o WhatsApp teria uma versão para desktop. Agora é uma realidade: através de blog oficial, os administradores da aplicação informam que uma versão web do WhatsApp para Google Chrome acaba de ser disponibilizada.
Para utilizar o serviço, basta apenas acessar a página oficial do serviço a partir do navegador da Google e escanear o código QR com o WhatsApp do seu smartphone (botão “WhatsApp Web” localizado no menu). Por enquanto, a novidade está disponível apenas para dispositivos Android, Windows Phone, BlackBerry e BlackBerry 10, estando visível apenas para quem tiver a última versão da app instalada.
Na verdade, a versão web é apenas uma extensão da aplicação móvel. O que significa que a app precisa estar conectada a um dispositivo móvel (ou seja, vinculada a um número de telefone) e conectada à internet para que o WhatsApp Web funcione.

whatsapp-web-techenet-cassis

Veja como funcionará o WhatsApp Web

A imagem a seguir mostra o WhatsApp Web em pleno funcionamento através do Google Chrome, exatamente como a página oficial da aplicação havia prometido: a versão para navegador conserva todas as funcionalidades disponíveis na versão mobile, inclusive o aviso de quando a mensagem é lida, emoticons, envio de anexos.

whatsapp-techenet-cassis

Whatsapp Web em pleno funcionamento (imagem: Tecmundo)

Mas uma funcionalidade extra do WhatsApp Web acaba por chamar a atenção dos utilizadores do serviço: se o Google Chrome estiver habilitado para emitir notificações, assim que as mensagens forem recebidas, serão exibidas na Área de Trabalho como na imagem abaixo.

whatsapp-web-techenet-cassis

Whatsapp Web: notificação na área de trabalho (imagem: Tecmundo)

Para já, uma versão para dispositivos iOS ainda não foi liberada, graças às políticas da Apple para a plataforma, o que acaba por não permitir que o recurso funcione corretamente. Também não se sabe, ainda, se essa funcionalidade poderá estar disponível noutros navegadores.

Via TecMundo


Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *