interface 400G IP Tecnologia

Alcatel-Lucent lança interface 400G IP, que quadriplica a velocidade das ligações das redes IP



A Alcatel-Lucent, especialista líder em redes IP, ultra-banda larga e cloud, vai oferecer aos operadores de redes de grande dimensão a capacidade de quadruplicarem a velocidade das ligações e melhorarem significativamente a capacidade entre os data centers e as redes com uma inovação que utiliza estruturas existentes de routing IP, anulando a necessidade de upgrades de rede dispendiosos e morosos.

A Alcatel-Lucent apresenta uma placa de linha 400G IP com 1 porta para redes IP. Esta placa vai permitir a transmissão de dados entre os routers Alcatel-Lucent existentes a velocidades de 400 gigabits por segundo (400G) em centenas de quilómetros. Este facto permite que os operadores que lidam com uma crescente pressão do aumento da procura de Internet e dados cloud tenham acesso a uma maior vantagem, para tirarem todas as potencialidades das suas redes IP.

Michael Howard, Analista Principal de redes de operadores da IHS-Infonetics Research explicou: “Os operadores de redes estão à procura de formas eficientes de lidarem com o crescimento de tráfego de cloud e vídeo nas suas redes. A nova placa de linha 400G IPoDWDM da Alcatel-Lucent é uma ajuda preciosa, eliminando a complexidade da agregação de link 100GE e de transporte WDM com uma ligação direta de 400G router-a-router. A primeira placa de linha 400G IP da indústria baseia-se no 400G FP3 da empresa, que está em utilização desde 2011 e que oferece novas opções de escala router-a-router para datacenters e para aplicações de interligação de redes”.

A nova placa de linha IP Alcatel-Lucent 400G – alimentada pelo processador de routing P3 400G  desenvolvido pela Alcatel-Lucent – garante à indústria de comunicações a primeira capacidade de “400G em canal limpo”. Evita-se assim a necessidade de agregação de tráfego IP em vários links 100G, e é facultado um método mais eficiente de transmitir volumes de “big data” dos data centers dos operadores, e entre as suas redes metropolitanas com agregação e as redes principais – quatro vezes mais rapidamente que o que é hoje disponibilizado pelas ligações IP.

Basil Alwan, Presidente de IP Routing e Transporte da Alcatel-Lucent, referiu: “a nova placa de linha 400G IP de 1 porta é um excelente exemplo da forma como estamos a trabalhar com os nossos clientes para fazermos evoluir as redes através de inovações que oferecem redes programáveis para disponibilizarem a mais elevada performance. Um desempenho, de resto, que responda às necessidades de aplicações e serviços dinâmicos baseados na cloud”.

O lançamento da placa de linha 400G marca ainda a introdução de outra inovação marcante por parte da Alcatel-Lucent no que respeita a networking de IP de alta performance, o GMPLS-UNI (Generalized Multiprotocol Label Switching User Network Interface). Esta inovação será adicionada ao portfolio de routers IP na segunda metade de 2015 e irá permitir que os operadores coordenem os layers óticos e IP das suas redes para auferirem de uma melhor relação custo/eficiência e para migrarem de forma transparente para redes otimizadas para cloud. Através de uma melhor coordenação via consola entre as redes IP e óticas, é possível obter melhorias de eficiência de 40%, de acordo com um recente estudo da Bell Labs, a divisão de pesquisa da Alcatel-Lucent.

Steve Vogelsang, CTO para IP Routing e Transporte da Alcatel-Lucent sublinhou que “as redes precisam de evoluir para níveis de capacidade mais elevados e para portas mais rápidas, mas as mudanças podem revelar-se dispendiosas. A transição de 10G para 100G foi disruptiva para muitos operadores de rede, mas podemos hoje dizer que somos o primeiro fabricante de routers a permitir a transição de links de 100G para 400G, aproveitando a nossa tecnologia FP3 para que não haja disrupção nos operadores no que respeita a adaptações da sua base instalada de hardware”.

 

Sobre a placa de linha IP 400G de 1 porta da Alcatel-Lucent

  • Quadruplica a velocidade das ligações das atuais redes IP.
  • A Alcatel-Lucent é a primeira empresa na indústria a oferecer um transporte de IP em “canal limpo” a taxas de 400G. Evita assim a necessidade de agregação de tráfego IP em vários links de 100G. Torna-se assim numa forma mais eficiente de transmitir big data entre os data centers dos operadores e as suas redes metropolitanas com agregação e redes principais.
  • É alimentada pela solução de routing 400G FP3 da Alcatel-Lucent – com qualidade comprovada em centenas de implementações de rede em todo o mundo – e permite que os operadores a usem com soluções 7750 Service Router (SR) e 7950 Extensible Routing System (XRS).
  • Rede ótica com DWDM (dense wavelength division multiplexing) integrada ajustável permite uma interconexão direta entre routers de 400G numa única fibra através de distâncias de várias centenas de quilómetros, ou em alternativa como comprimentos de onda de terceiros numa rede de transporte DWDM.
  • A placa de linha IP de 400G de 1 porta vai estar disponível para utilização nos Core Routers IP XRS da Alcatel-Lucent e nos seus SR 7750 na segunda metade de 2015.
  • A empresa apresenta GMPLS UNI no portfolio de routers para coordenar os layers de rede IP e ótico para um funcionamento mais simples e tendo em vista a poupança de custos.

Mais informações em: http://www.alcatel-lucent.com/blog/2015/400g-ip-buckle-going-be-fast

 


Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *