Mobile

Google prepara versão do Android para realidade virtual


Depois do inesperado sucesso alcançado com o Cardboard VR a Google está agora a trabalhar na remodelação do seu sistema Android, para depois lançar então uma versão exclusiva para dispositivos de realidade virtual.

O Google Cardboard foi criado no ano passado e fazia parte de um projecto “secundário” e consiste num dispositivo de realidade virtual que apenas utiliza lentes de plástico, fitas de velcro e estrutura em cartão, sendo que como ecrã para o dispositivo terá de utilizar o seu smartphone.

Durante a Google I/O 2014 foi distribuído um Cardboard para cada visitante mas, o que veio surpreender a equipa da Google foi a gigante adesão que o dispositivo teve dentro da comunidade Android e a sua aplicação na Google Play Store ultrapassou já a meta de 1 milhão de downloads.

Como resultado desta grande adesão, aquele que era um pequeno projecto tornou-se então num projecto a tempo inteiro para uma pequena equipa de engenheiros da Google. De acordo com uma pessoa próxima do projecto, o projecto Cardboard é apenas a “ponta do iceberg” no que respeita às ambições da Google no mundo da realidade virtual e “existe muito mais a ser desenvolvido para além do ‘pedaço de cartão’ de 20 dólares.”

Beautiful cyber woman with computer mouce isolated on white back

Durante a semana passada, na Games Developer Conference em São Francisco o grande foco das atenções foi sem dúvida alguma as apresentações e demonstrações de dispositivos de realidade virtual. Um dos maiores destaques foi para a Sony, ao apresentar um novo modelo actualizado do seu dispositivo Morpheus com gráficos de alta resolução.

Com vários dispositivos como o Gear VR da Samsung e o Vive da Valve preparados para serem lançados no mercado até ao final do ano, a Google deverá optar por anunciar de forma oficial o seu sistema Android VR até ao evento Google I/O 2015 que irá decorrer no mês de Maio.

A nova versão Android VR deverá também funcionar com o Project Tango, um sistema experimental de realidade aumentada que utiliza duas “câmaras gémeas” no tipo específico de tablets para detectar em três dimensões o movimento e profundidade.

 


Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *