Google apresenta novos Chromebooks e Chromebit Tecnologia

Google apresenta novos Chromebooks e pen HDMI com Chrome OS


A Google anunciou uma nova linha de portáteis Chromebook, que tem incluído o Chromebook mais barato de sempre e também um inovador híbrido. Para completar a sua apresentação, introduziu também uma nova pen HDMI (de dimensões semelhantes ao Chromecast) que transforma qualquer televisão num dispositivo com Chrome OS.

A nova pen HDMI tem o nome de Chromebit e será fabricada e comercializada pela ASUS por 100 dólares a partir do Verão. O hardware do Chromebit inclui um processador Rockchip que foi concebido para oferecer um dia inteiro de utilização através de uma única carga sem sofrer qualquer problema de aquecimento. Esta nova pen HDMI transforma essencialmente o seu televisor num computador com Chrome OS e poderá ligar-se ao seu rato e teclado através de USB ou Bluetooth.

Group_Asus_Chromestick_V1-1_1000

A ASUS é também a fabricante responsável pelo lançamento do novo Chromebook Flip, um híbrido com ecrã touchscreen que será lançado durante esta Primavera por um preço de 249 dólares. Com uma construção em metal e uma espessura de apenas 15 milímetros, inclui 4GB de memória RAM e 16GB de memória interna, que poderá variar consoante a configuração realizada pelo utilizador.

Por fim, a Google irá lançar dois Chromebooks com um preço de venda recomendado de 149 dólares. O Haier Chromebook 11 terá um ecrã de 11,6 polegadas, processador Rockship (1.8GHz), 2GB de memória RAM, 16GB de memória interna e a sua bateria deverá ter uma autonomia de até 10 horas. O segundo terminal é o Hisense Chromebook, que tem um ecrã de 11.6 polegadas (720p), processador quad-core ARM Cortex-A17, 2GB de memória RAM e 16GB de memória interna.

Estas foram sem dúvidas apresentações bastante interessantes para o mundo dos Chromebooks, demonstrando uma grande preocupação por parte da Google em oferecer aos seus utilizadores opções sólidas que, apresentação não só características inovadoras mas também bastante acessíveis à grande maioria dos utilizadores.


Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *