Mobile

Samsung abre nova fábrica para conseguir responder à demanda do Galaxy S6 Edge


Há algumas semanas atrás ficou-se a saber que a Samsung não iria conseguir responder à grande demanda criada pelo Galaxy S6 e agora ficou-se também a saber que o stock disponível do Galaxy S6 Edge está também comprometido depois de atingir um número de vendas e reservas que não seria de esperar.

As pré-reservas do Galaxy S6 Edge ultrapassaram os 5 milhões quando os smartphones foram apresentados em Março e apesar de não terem sido disponibilizados valores oficiais, parece que a demanda tornou-se ainda maior depois do seu lançamento e do buzz criado em torno deste terminal e a Samsung precisou de agir depressa para conseguir fornecer todas as unidades encomendadas não só para o mercado Sul Coreano, mas para todo o mundo.

Fontes anónimas afirmam que a fabricante já abriu a sua terceira fábrica e que já deu início à produção de ecrãs curvos para o seu smartphone. Com esta medida, a Samsung irá conseguir aumentar a sua produção de ecrãs curvos de uma média mensal de 2 milhões de unidades para um valor que poderá chegar até aos 5 milhões de unidades. Diz-se que esta fábrica foi construída de raíz e que já se estaria a preparar para abrir portas em Junho, mas com o grande aumento de demanda pelo Galaxy S6 Edge teve de entrar em funcionamento antes do previsto.

samsung galaxy S6 edge

O negócio de ecrãs da Samsung é tão grande e importante que até a Apple depende dele para obter os ecrãs para os seus MacBooks e iPads. Esta linha de negócio é propriedade da Samsung Electronics (85%) e da Samsung SDI Co. (15%). Diz-se ainda que a Samsung espera conseguir ultrapassar as 70 milhões de unidades vendidas do Galaxy S6 EDge, enquanto que se espera também que o Galaxy S6 venha a bater todos os recordes estabelecidos até hoje pela linha Galaxy S.


Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *