Castelo de Guimarães - Google Internet

Google coloca Maravilhas de Portugal à distância de um clique


Mosteiro dos Jerónimos, Mosteiro da Batalha, Mosteiro de Alcobaça, Palácio da Pena, Vila de Óbidos ou Castelo de Guimarães são apenas alguns dos 57 novos locais que podem, a partir de agora, ser visitados virtualmente.

Mas não é tudo: jardins, ruínas, parques de cidades, recintos desportivos, locais de natureza e vida selvagem, praias e por outros locais tão emblemáticos como a Baixa Pombalina, a Praça do Império ou a Sé de Braga estão à distância de um clique.

Isto tudo porque a Google, com o apoio da Direção-Geral do Património Cultural, disponibiliza, desde ontem, visitas virtuais a algum do património artístico, natural, arquitectónico e cultural mais importante de Portugal, incluindo alguns dos seus ex-libris reconhecidos dentro e fora de portas.

Mosteiro Alcobaça

Milhares de imagens de 360º foram acrescentadas ao Google Maps e, graças à tecnologia Street View, permitem agora a qualquer pessoa em Portugal ou no mundo conhecer virtualmente algumas das maiores riquezas do país. Trata-se da maior atualização de sempre em Portugal.

Mapa com pormenor

Adicionalmente, no Google Cultural Institute estará acessível a coleção “Maravilhas de Portugal” com alguns dos principais ícones do património nacional como o Palácio da Pena, Mosteiro de Alcobaça, entre muitos outros.

Para poder digitalizar e disponibilizar visitas virtuais a estes locais a Google recorreu tecnologia própria de captação de imagens de 360o, em particular ao Trekker e ao Trolley.

As Maravilhas de Portugal representam a maior expansão do projeto de digitalização do património português desde 2012, altura em que foram disponibilizados 23 novos locais de interesse cultural, natural e arquitectónico.

Para este trabalho, a Google demorou 62 dias a registar imagens, num total de 225 horas, percorrendo a pé 150 quilómetros.

A nova expansão está disponível em duas coleções especiais: uma no Google Cultural Institute, que inclui locais como o Palácio Nacional de Sintra, o Palácio de Queluz, o de Monserrate, entre outros ícones do património cultural português e outra coleção, no Street View. Em simultâneo, as visitas virtuais a todos os 57 locais estarão também acessíveis a partir do Google Maps, bastando ao utilizador selecionar o local e clicar no ícone do Street View (Pegman).


Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *