gato pequeno Ciência

Por que gostamos tanto de ver vídeos de gatinhos?


Os gatos estão no epicentro do mundo virtual. E, pela primeira vez, esta foi uma questão de investigação académica para desvendar o porquê.

Jessica Myrick Gall, professora de The Media School na Universidade de Indiana, EUA, publicou recentemente um artigo na revista Computer in Human Behavior o qual tenta descobrir os benefícios emocionais derivados de passar horas e horas a ver vídeos de gatinhos.

O estudo, denominado Emotion regulation, procrastination and watching cats videos online: Who watches Internet cats, why and to what effect?, conseguiu recrutar sete mil utilizadores, graças ao detentor de um dos mais famosos sites de animais de estimação, o Lil BUB (com 2 milhões de fãs no Facebook) que publicou o inquérito no seu portal.

Do estudo, 36,2% dos participantes foi definido como “amante incondicional” de gatos, sendo que 6.345 deles tinha um gato nalgum momento das suas vidas. O utilizador médio tinha, no momento do inquérito, pelo menos, dois gatos. O Facebook foi o site mais popular para o visionamento dos vídeos (90,6%), seguido do Youtube (87,0%) e do Buzzfeed (61,2%).

Esta investigação também foi usada para testar um modelo conceptual de previsão de prazer, dependendo da relação que ocorre entre a procrastinação, culpa e felicidade, tudo isto misturado, o que leva ao consumo deste tipo de conteúdo.

vídeos de gatinhosO que os investigadores encontraram foi que, depois de ver um vídeo de gatinhos na Internet as pessoas sentiam-se melhor, “com um estado de ânimo positivo e com mais energia”, “mais esperança, felicidade e alegria”.

Também ficou comprovado que, em geral, os utilizadores não procuravam ativamente esse conteúdo, antes se cruzavam com ele, enquanto navegavam pelas redes sociais ou enquanto usavam a Internet para estudar ou trabalhar. Só um quarto dos participantes no estudo procurava vídeos de gatinhos.

Contudo, a procura destes vídeos não produzia apenas sentimentos positivos, também criava uma certa culpa que, segundo o estudo, conseguia desativar todas as sensações de felicidade, dado que, quem os via, sentia uma mistura de culpa por estar a perder tempo com conteúdos frívolos, em vez de se dedicar ao que deveria estar a fazer.

Ver vídeos e fotos de gatinhos tornou-se um dos comportamentos mais populares da Internet. Só em 2014 foram publicados mais de dois milhões de vídeos de gatinhos no YouTube, os quais atingiram cerca de 26.000 milhões de visitas, uma média de 12.000 visitas por vídeo. Nenhuma outra categoria no Youtube atinge tais patamares de popularidade.


Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *