Aplicação Uber Notícias

Maioria dos utilizadores concorda com a operação da Uber em Portugal, revela estudo


O Centro de Estudos Aplicados da Católica Lisbon School of Business and Economics realizou um estudo para a Uber com o objetivo de aferir a percepção dos consumidores portugueses em relação ao serviço prestado em Portugal, bem como às características associadas à marca.

O estudo contou com uma amostra de 600 inquiridos, dos quais 300 são utilizadores (150 são utilizadores frequentes e 150 são utilizadores não frequentes) da Uber e 300 não o são. Os dados foram recolhidos entre os dias 8 e 12 de julho de 2015.

Este estudo revela um conjunto de informações relevantes acerca da operação da Uber em Portugal.

No que diz respeito à legislação em vigor, 98.7% dos utilizadores inquiridos concordam que um serviço como o que a Uber oferece possa existir em Portugal.​ Junto dos não-utilizadores inquiridos, 70.3% concordam com a operação de um serviço como o da Uber em Portugal, enquanto que 11.0% não concordam nem discordam.​

Relativamente à percepção do público, em geral, face à Uber, 96.7% dos utilizadores frequentes e 98.7% dos utilizadores não frequentes concordam que a marca “Uber” inspira confiança.​ Junto dos não-utilizadores, 36.3% partilham desta admiração, sendo que 29.0% têm opinião neutra – valores muito expressivos, que dão conta de uma elevada intenção de experimentação, tendo em conta que são consumidores que nunca experimentaram o serviço.

Quanto ao serviço prestado, 98.0% dos utilizadores frequentes e 98.7% dos utilizadores não frequentes concordam que a qualidade do serviço Uber é elevada.​

Por fim, no que diz respeito à comparação com outros serviços de transporte, 94.7% dos utilizadores concordam que o serviço Uber lhes inspira mais confiança do que o serviço de táxi e 95.7% concordam que o conforto é maior.​

Estudo

Veja a apresentação em PDF com resultados do estudo

 

Sobre a Uber em Portugal

A Uber é uma plataforma de tecnologia criada em 2009 em São Francisco que liga motoristas a utilizadores através de uma aplicação para smartphone, para proporcionar uma alternativa de mobilidade urbana simples, segura e conveniente.

A Uber chegou a Portugal em julho de 2014 e está presente em Lisboa e no Porto com as plataformas uberX, a solução mais económica, e UberBLACK, a opção topo de gama (para já apenas disponível em Lisboa).

Em Portugal, a Uber opera inteiramente de acordo com a legislação em vigor, exclusivamente com parceiros licenciados que pagam impostos em cada viagem realizada na plataforma. O uberPOP, plataforma de “ridesharing” em que particulares não-licenciados podem transportar utilizadores, não está disponível em Portugal.

Graças à tecnologia, a Uber vem assim oferecer opções de mobilidade adicionais às pessoas de Lisboa e do Porto.

Sobre os temas judiciais em torno da operação da Uber em Portugal

Em abril de 2015 a Uber soube, através da comunicação social, que o Tribunal Civel de Lisboa terá aceite um pedido de interposição de providência cautelar à empresa Uber Technologies Inc., sem que a entidade visada tivesse oportunidade de ter sido ouvida. Temos muita dificuldade em compreender esta decisão uma vez que a entidade visada neste processo, Uber Technologies Inc., opera os serviços Uber apenas nos Estados Unidos. Embora a Uber Technologies Inc. não tenha operações em Portugal, a empresa recorreu desta decisão e aguarda agora a decisão do Tribunal da Relação de Lisboa.

A Uber continua determinada em cumprir e respeitar as leis as decisões judiciais portuguesas que possam vir a ser proferidas e em cooperar com todas as autoridades, no que respeita aos serviços prestados em Portugal.

A Uber reafirma o seu empenho em continuar um diálogo construtivo com o governo e com o sector para a criação de um quadro legal moderno e adequado aos interesses dos consumidores e da economia portuguesa.

Sobre o Centro de Estudos Aplicados da Católica Lisbon School of Business and Economics

O Centro de Estudos Aplicados (CEA) da CATÓLICA-LISBON presta serviços de consultoria nos domínios da Economia e da Gestão, a diversas instituições dos domínios privado, público e social.

É, dentro da Universidade Católica Portuguesa, um elo de ligação à economia real, sendo através do CEA que muitos dos docentes da universidade realizam trabalhos nas suas diversas áreas de excelência.

Os estudos desenvolvidos no âmbito do CEA, com financiamentos de entidades públicas nacionais e supranacionais e da comunidade empresarial, têm incidido em várias áreas, de que destacamos, com maior incidência nos últimos anos: Parcerias Público-Privadas; Análise de Conjuntura; Economia Regional; Regulação Económica; Mercados Financeiros e de Capitais; Estudos Setoriais; Economia da Saúde; Planeamento e Marketing.


Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *