Futuro hoje

Powerwall battery: Austrália é o primeiro país a receber a novidade da Tesla


A Austrália vai ser o primeiro país a receber a Powerhall Battery: a bateria caseira que Elon Musk considera ser a resposta para diminuir consideravelmente a dependência dos combustíveis fosseis no mundo. As baterias de iões de lítio permitem abastecer as necessidades de electricidade de uma casa.

Foi ainda há poucos meses que Elon Musk apresentou estas baterias que se colocam numa parede (daí o seu nome) e as mesmas podem começar já a chegar aos consumidores finais. Vários parceiros estão a juntar-se para que os australianos possam ainda este ano usufruir do invento que promete revolucionar a forma como consumimos electricidade. A Powerwall permite carregar nos períodos em que a electricidade é mais barata e começa a abastecer a casa nas horas em que é mais cara. Para quem tenha energia solar em casa, a bateria revolucionária permitirá armazenar a energia colectada e, em teoria, que a casa fique completamente desconectada da rede.

Juntamente com os modelos domésticos, começarão também a ser comercializados os modelos para comércio e indústria, mais potentes.

Quando anunciou ao mundo as novas baterias, Elon Musk afirmou que o seu sonho é contribuir para uma diminuição drástica do consumo de combustíveis fosseis no mundo. Para tal, tornou open-source esta tecnologia, o que permitirá que empreendedores em todo o mundo começarem a fabricá-las e torna-las assim mais acessíveis. Ainda não se conhecem os valores que serão praticados na Austrália, mas os valores indicados por Musk rondam os 3.000 dólares por unidade.

Elon Musk é um dos maiores visionários e ainda esta semana se soube que o seu Hyperloop vai mesmo ser realidade.

Relembre a apresentação mundial da PowerWall:

Fonte: Gizmodo


Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *