Arte e Cultura

Astérix e “O Papiro de César” – E se Assange se aliar aos gauleses?


O álbum nº 36 das aventuras de Astérix, o segundo assinado pelos novos autores Jean-Yves Ferri e Didier Conrad, depois de “Asterix entre os Pictos” é lançado hoje, 22 de Outubro em simultâneo em todo o mundo.

Se ontem o dia foi marcado pelo “Regresso ao Futuro”, o dia de hoje é marcado pelo regresso do destemido gaulês Astérix, com “O Papiro de César”, numa aventura- como sempre – marcada pela actualidade: o controlo da informação.

Na história aparecem novas personagens inspiradas em figuras actuais como Julian Assange, o fundador de Wikileaks, os ex-presidentes franceses François Mitterrand e Nicolas Sarkozy e o publicitário francês Jacques Séguéla, responsável da agência de marketing da campanha presidencial de Miterrand em 1981.

Nesta aventura, Séguéla será “Bonuspromoplus”, adversário dos gauleses e conselheiro de Julio César.

No pré-lançamento, de “O Papiro de César”, Didier Conrad revelou que o tema central da aventura é o controlo da informação, com todos os conflitos e dramatismos que lhe são inerentes. Ora, conflitos e dramatismos são o dia-a-dia de Astérix, Obélix e os seus companheiros, aquilo com que melhor sabem lidar e com que nos sabem divertir.

Vamos ver como lidam os irreverentes heróis gauleses com esta nova aventura pelo mundo da informação e da “desinformação”, acompanhados pelo jornalista gaulês, “Doublepolemix”, inspirado em Assange, fundador da Wikileaks.

Está prevista a tiragem de quatro milhões de exemplares, em vinte línguas, sendo que, em Portugal, a Asa irá lançar uma versão em português e outra em mirandês. No Brasil, o lançamento estará a cargo da Record.

Os heróis criados por Goscinny e Uderzo, , cujos nomes continuam a constar na capa, regressam, com a “bênção” de Uderzo, que terá aprovado o conteúdo, fiel aos ideiais originais que sempre movem as aventuras daquela aldeia que “resiste ainda e sempre ao invasor”.


Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *