Notícias

Coreia prende 9 em escândalo de viciação de partidas de StarCraft II


As autoridades coreanas detiveram nove pessoas por viciação de partidas do game StarCraft II. O escândalo envolve jogadores profissionais, treinadores, o crime organizado e um jornalista. De acordo com a Associação Coreana de eSports, os indivíduos em causa viciaram partidas e permitiram avultados lucros nas apostas online.

De acordo com as notícias, uma organização criminosa pagou entre 4.400 dólares e 17.000 dólares aos jogadores profissionais para perderem propositadamente as partidas. Contra todas as possibilidades, elementos das máfias apostaram contra os favoritos e ganharam assim verdadeiras fortunas.

O Mashable conta que terá sido um jornalista – ele também antigo jogador profissional de eSports – a colocar o crime organizado em contacto com o treinador de uma equipa, que por sua vez terá aliciado os jogadores.

Desde 2000 que os games são um negócio muito lucrativo na Coreia do Sul, com várias equipas profissionais e prémios chorudos para os vencedores. A Associação Coreana de eSports anunciou que os jogadores apanhados a viciar os jogos foram banidos da actividade de uma forma permanente, pelo que terão agora de procurar outra profissão. E, claro, não se livram dos processos judiciais. A justiça coreana está em cima da jogada e promete mão pesada para todos os implicados, uma vez que naquele país estão proibidos os jogos a dinheiro e as apostas.


Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *