Mobile

Novos iPhones e também o Galaxy Note 5 passam por testes de resistência


A SquareTrade, empresa norte-americana líder mundial em planos de proteção de equipamentos tecnológicos, testou os recém-chegados iPhones da Apple e o Samsung Galaxy Note 5, submetendo-os a uma série de quedas, lançamentos, dobramentos e mudanças de temperatura para saber se estes novos telemóveis emblemáticos são mais fortes do que os seus antecessores. Mencionados testes ajudam a empresa a fixar os valores dos planos de proteção de acordo com a resistência dos dispositivos.

Notavelmente, o iPhone 6s Plus teve um melhor desempenho face ao seu antecessor, graças ao alumínio série 7000. Os resultados da SquareTrade Labs também verificaram que o iPhone 6s teve resultados idênticos ao iPhone 6 e o Note 5 teve o melhor desempenho dentro do novo equipamento térmico da SquareTrade Thermo Rig. Sabendo que as temperaturas extremas danificam a capacidade de um telemóvel para manter a carga máxima. Encurtando a vida útil do equipamento, a SquareTrade acrescentou o Thermo Rig à programação de testes pela primeira vez.

Estes novos testes simulam atividades comuns que expõem os telemóveis aos elementos, como deixar o telemóvel num carro quente durante o dia (43ºC) ou numa varanda fria numa noite de inverno rigoroso (-18ºC). Os testes e as conclusões podem ser vistas em vídeo, em português:

Os resultados dos testes de danos da SquareTrade chegaram às seguintes conclusões:

  • A Apple e a Samsung resolveram os seus problemas de dobramento. O iPhone 6s Plus e o 6s resistiram a 81.5 kg e 77kg de pressão, respetivamente – uma melhoria de 50 a 60 por cento em flexibilidade. O Note 5 também suportou 77 kg.
  • As quedas continuam a ser um desafio para os fabricantes. O destino que se abate sobre mais de 50% dos smartphones continua a ser um desafio para a Apple e para a Samsung. Embora ambos fabricantes invistam em novos e melhorados vidros, os três telemóveis partiram-se quando lançados ao chão virados para baixo.
  • As pontuações do Note 5 foram as melhores no frio extremo. Apesar de o Note 5 ter sido o mais fácil a cair e partir-se, obteve a maior pontuação na durabilidade da temperatura. A zero graus, o Note 5 durou quase duas horas, o iPhone 6s Plus durou pouco mais de uma hora, e os iPhone 6s durou apenas 30 minutos.

“Enquanto a Apple defende que os iPhones 6s e 6s Plus são os iPhones mais avançados de sempre, ainda assim vimos que estão à mercê dos mais comuns de todos os problemas – a queda acidental numa superfície dura”, disse Jessica Hoffman, vice-presidente de comunicações mundiais da SquareTrade. “Por outro lado, ambos fabricantes têm respondido ao “Bendgate” com melhorias significativas nos três dispositivos testados. Isto é uma ótima notícia para os consumidores”. Conclui a mesma responsável.

squaretrade

O Breakability Score (pontuação de fragilidade) da SquareTrade preenche a lacuna deixada pelas avaliações tradicionais. Através de um rigoroso conjunto de testes a novos telemóveis, a SquareTrade atribui-lhes uma classificação. Esta pontuação de fragilidade é baseada numa série de fatores, desde características físicas até aos resultados dos testes de queda, lançamento, dobramento e temperaturas extremas da SquareTrade.

Quanto maior for a pontuação dada a um dispositivo numa escala de 1-10, maior será o risco de se partir devido a um acidente. Sobre a Square Trade Square Trade é a empresa número um de planos de proteção de equipamentos tecnológicos, protegendo dispositivos móveis, como computadores, telemóveis e tablets, assim como outros bens de consumo eletrônicos sujeitos a avarias ou acidentes.


Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *