Cocas e Denise, Love is in the air Arte e Cultura

O novo Show dos Marretas é para adultos… claro!


Os grupos de pais vigilantes dos EUA boicotaram os Marretas. No site de “One Million Moms” pode ler-se o aviso: “A nova adaptação da ABC é só para adultos!”

As “mães da América” alegam que os pais teriam que explicar as piadas de caracter mais sexual às suas crianças. Lamentam que as marionetas dos anos 70 e 80 estejam associadas a relacionamentos interespécies e a promiscuidade!

Com efeito, é mais simples banir conteúdos do que explicá-los às crianças. Mas a questão não reside nesse ponto: os pais e mães que agora acham promíscuas as piadas dos Marretas, estão aflitos pois terão que explicar às crianças que o programa que outrora elas viam já não é “um espectáculo agradável” – também podemos dizer que na altura elas eram mais jovens e não interpretavam as mensagens da mesma forma que interpretam agora… De que outra forma interpretavam eles, por exemplo, o convite de Raquel Welch a Fozzie para visitar o seu camarim, com toda a linguagem corporal que lhe está associada, a transbordar de sensualidade? E a resposta do urso que pergunta se pode levar uma amiga? Achariam que se tratava de um convite para brincar aos médicos?

Mas não se trata apenas do tal “milhão de mães”, há mais grupos de “vigilantes” de famílias, como ” The Parents Television Council”, que acusam esta nova série de subverter a ideia original de Jim Henson, o criador dos Marretas, no entanto… “The Muppet Show” está como sempre foi: um conceito de programa infantil, com marionetas, mas direcionada a um público adulto. Essa foi a grande inovação na altura e é essa a ideia do novo Show de Kermit (Cocas), Miss Piggy e seus amigos, que surge à volta da produção de “Up Late With Miss Piggy”.

Estarão estes pais a confundir Os Marretas com a Rua Sésamo, também de Jim Henson, ou com os desenhos animados “The Muppet Babies”? É que os Marretas são um programa de horário nobre, não de fim-de-semana ou de manhãs infantis, dirigidos a um público adulto, de facto… mas confuso, pelos vistos!

Os novos Marretas surgem com o mesmo tipo de comentários, mas agora sobre a cultura contemporânea: no primeiro episódio da série, Fozzie fala dos seus problemas em conseguir namoros online, queixa-se que se o seu perfil online diz “Urso apaixonado à procura de amor”, obtém um monte de respostas erradas…mas como um urso modernizado ele reconhece: “Não é errado. Apenas é errado para mim.” Um sábio conselho que estes adultos sem sentido de humor deveriam tomar em consideração, sobre o qual deveriam reflectir… antes de falar e movimentar multidões com falsos moralismos.

Os Marretas são o legado de Henson, um hippie com enorme sentido de humor, não é qualquer pessoa que tem a capacidade de rir de si mesmo e de contagiar os outros com esse humor.

Mães e pais dos EUA e do mundo inteiro: programas para crianças, “family-friendly”têm um horário específico, um formato infantil. Aprendam a rir-se de vocês mesmos, ter pais de mente aberta, com tempo para si mesmos, bem-humorados, isso sim é que é ser-se “family-friendly”.


Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *